Diário da Manhã

Contraponto - “Onde toda a gente peca ninguém faz penitência”

Um – Pelo que lembro a curtição da maconha inicia no anos 60. O prafentex testa a cannabis sativa para contestar o sistema, embora o do front contra a ditadura curtisse a novidade: ”é uma brasa, mora?” Houve blague entre gaudérios: não troco pela ilex paraguariensis. Muitos dos que experimentam maconha em 60 chegam aos altos postos de mando do País e talvez por isso vivemos como se as principais autoridades, as maiores lideranças, os caras de projeção estivessem dopados.

Dois - Alguém tem noção do que fazer com a delação do diretor da Andrade Gutierrez de que a empreiteira subornou o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. O tribunal interior! O tribunal inteiro? Para não amolarem a empresa os conselheiros do TCE-SP dividiam propina? Se alegarem que estavam dopados podem se safar?

Três – Por qual razão o Supremo Tribunal Federal (STF) não consegue condenar um graudão? Por que cérebros privilegiados no campo jurídico, no mundo da lei, no território da justiça têm dificuldade em botar poderoso na cadeia. Efeito da maconha? Vocês acham esses ministros que teimam em se comportar com ética do tamanho de um pigmeu terão força moral para cassar a chapa Dilma-Temer? Será que meu professor de direito estava certo ou seja “a justiça é cega mas não surda ao tilintar das moedas”?

Quatro – Dirigentes graúdos de PT, PP, PDT, PMDB, DEM, PSDB, PROS, Solidariedade et caterva pegando dinheiro grosso para malandragens até pode remeter ao efeito da cannabis. Mas como explicar que camaradas comunistas dirigentes do PCdoB, com toda empáfia que os caracteriza, também fossem beijar a mão de burgueses donos das empreiteiras em busca de grana. Em que lugar do mundo comunista é sustentado por burguês que jura querer acabar? Aff, meus sais!

Cinco – A Venezuela é ditadura (falida como todas que a esquerda redentora governou), mas é de bom tom o novo chanceler, senador Aloysio Nunes Ferreira, dizer isso com todas as letras? Segue, em bobagem, o antigo, José Serra, que havia criticado Donald Trump. Em matéria de politica externa (parceiros de “alto potencial econômico” foram Cuba, Venezuela, Argentina, Irã na era Lula/Dilma) não há alguém tão incompetente quanto o Brasil.

Seis – O PSDB foi à justiça para anular a chapa Dilma-Temer por corrupção e abuso de poder econômico na ultima eleição presidencial. E, mesmo com isso, Temer dá ministérios para o pessoal do PSDB? Tem que ter maconha no meio, não é possível...

Sete - Para marcar o Dia da Mulher a senadora Gleisi Hoffman (PT), fez apitaço no Senado e sugeriu greve de sexo. Diretórios acadêmicos de 1960 tinham mais postura em assembleias, mesmo que uns estivessem com a cannabis circulando pelo sangue.

Oito – Cresceu, a sensação de que Lula e Bolsonaro farão o segundo turno da próxima eleição presidencial. Quer dizer: estamos todos afundados na cannabis

Nove – “Onde toda a gente peca, ninguém faz penitência” é provérbio português que, por razões óbvias, é de uma atualidade cruel entre nós nestes tempos malucos.

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027