Diário da Manhã

101 dias

O governo Milton iniciou há exatamente 101 dias, ou seja, ultrapassou a marca dos 100 dias, que equivale ao período de lua de mel entre governo e eleitores, quando a expectativa ainda é maior que as frustrações e a esperança maior que os problemas...Os 100 dias também é o período de adaptação para os novos gestores. Tempo suficiente para cair a ficha, rever metas e pelo menos, encaminhar soluções...Diante de quatro anos de mandato, 100 dias pode parecer pouco, porém, para um prefeito que se elegeu com históricos 70% dos votos e que tem a tarefa de recuperar anos de estagnação, 100 dias é muito tempo para um município que não pode mais perder tempo, sob pena de perder o trem da história...

Nota 7,0
...E a marca dos 100 dias merece uma primeira avaliação do governo por ele próprio...Por isso, esta coluna traz hoje uma breve entrevista com o prefeito Milton Schmitz que faz uma auto-avaliação deste período inicial da administração PMDB-PP em Carazinho. Confira abaixo:

Coluna: Qual a nota do prefeito Milton Schmitz para os seus primeiros 100 dias de governo?

Prefeito: Nota 7,0. Nestes 100 dias fizemos mais que nos últimos dois anos...Avançamos muito, mas queríamos ter feito mais. Porém, se não fizemos não foi por culpa nossa, mas deste verdadeiro tiroteio contra o governo por parte da oposição, um comportamento nunca antes visto na história, em especial, em inícios de administração. Isso nos chateia muito, porque fico me perguntando que município estas pessoas querem para o futuro...

Coluna: E a surpresa positiva nestes primeiros 100 dias?

Prefeito: Sem dúvida nenhuma, o nosso secretariado. Tinha as melhores expectativas da nossa equipe de trabalho, mas todas foram superadas. E não só de quem trouxe comigo, mas também dos funcionários efetivos que encontrei aqui. A nossa equipe de trabalho merece certamente uma nota 10 pela determinação, sintonia e união.

Coluna: Qual a nota para a coligação PMDB-PP-PSB?

Prefeito: A coligação está muito coesa, mas em função ainda de algumas incompreensões por conta de disputa por cargos, merece uma nota 8,0.

Coluna: E a surpresa negativa?

Prefeito: A ansiedade dos nossos adversários, indo com muita sede ao pote. Não sou contra críticas, mas viemos sofrendo críticas não merecedoras nesta arrancada de governo, com muitas inverdades. A minha decepção é pela falta de respeito.

Coluna: Nestes primeiros 100 dias, Milton Schmitz foi mais gestor ou mais político?

Prefeito: Infelizmente as circunstâncias me obrigaram a ser muito mais político do que gestor. Nestes primeiros três meses venho apagando incêndios. Tenho trabalhado 12, 14 horas por dia, mas não estou encontrando tempo para planejar adequadamente as ações, e sem planejamento não há gestão que funcione. Quando reunimos o secretariado, passamos discutindo problemas que precisam de soluções urgentes. Espero que este ciclo termine o mais rapidamente possível e eu consiga ser o gestor que me propus ser para Carazinho.

Coluna: Qual a marca do “estilo Milton de governar” nestes primeiros 100 dias?

Prefeito: A economicidade, o fazer mais com menos e sobretudo, o respeito. Carazinho está sendo respeitado novamente, pelos governos, entidades municipalistas e empresários. Esta é a principal mudança, mas não queremos os louros da mudança. Só queremos que ela aconteça.
FOTO DM/Mara Steffens Nogueira


Diplomacia
Durante a entrevista, o prefeito Milton Schmitz provou que também nas respostas aos jornalistas vem sendo mais político do que gestor...Quando perguntado sobre a coligação, teve muita cautela na resposta e optou por um 8,0, que está longe de ser um 10, mas que também está longe de representar uma reprovação...Foi diplomático, sem dúvida...Sabe-se que os partidos até podem estar coesos, mas há ruídos especialmente envolvendo o vice Fernando Sant´anna de Moraes...Há quem diga que tudo não passa de estratégia da oposição, com o objetivo de criar intrigas e fragilizar a coligação...Se isso for verdade, é hora do vice ter mais cuidado...

Ainda em campanha...
...Para quem parece que o tempo não passou foi para oposição que mesmo passados mais de 100 dias de governo e seis meses das eleições, permanece estacionada em outubro de 2016, em clima de final de campanha eleitoral...Ao que tudo indica, a derrota acachapante ainda não foi digerida e os deixou sorumbáticos sem conseguir sair do lugar...Inclusive as práticas tiro no pé da campanha vem se repetindo com postagens de vídeos nas redes sociais e ataques pessoais...Infelizmente não aprenderam a lição...E isso justamente por quem se elegeu com o apelo da ‘nova política’...O novo nunca foi tão velho...

Nota 6,0
Já o presidente do Legislativo Estevão De Loreno, foi ainda mais modesto na nota para os primeiros 100 dias da nova legislatura. Apenas um 6,0, média insuficiente para aprovação em muitas escolas...Segundo ele, o legislativo vem cumprindo com a sua obrigação, votando com agilidade e responsabilidade todos os projetos importantes para o município, mas ainda falta dar muitas respostas que a comunidade espera...Também destacou os debates que a Câmara tem se engajado, a exemplo dos pedágios e Reforma da Previdência...Inclusive, estes dois assuntos serão tratados em uma audiência com o presidente da Assembleia Edegar Pretto na próxima quarta-feira em Porto Alegre...Ontem foi confirmada uma audiência pública da AL sobre os pedágios em Carazinho, só falta definir a data...

Unanimidade (?)
Falando em Legislativo, uma sessão extraordinária na noite de hoje irá votar dois importantes projetos: a reposição salarial dos agentes de saúde e a venda das duas PCHs da Eletrocar...De Loreno aposta em aprovação quase unânime nos dois projetos. A única exceção pode ser o vereador Gauchinho que em votação anterior já se posicionou contrário a venda das usinas...Ainda sobre a Eletrocar, prefeito Milton Schmitz solicitou oficialmente ao presidente do Conselho da empresa, Ermógenes Bodanese, um verdadeiro pente-fino na contabilidade da empresa com o objetivo de investigar como que em 15 anos a dívida da empresa chegou a este patamar...É hora sim de apontar culpados, ‘doa a quem doe-la’...


 

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027