Diário da Manhã

Turma do Lula copia turma do Adhemar: rouba, mas faz

Diz a lenda que o velho Karl Marx teria afirmado que a história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa. Até ai morreu Neves e morreu Nelson Rodrigues, com o que vamos em frente que atrás vem gente, pois não vamos ficar sabendo com certeza sobre o primeiro morto.

Diante dessa relevante questão, “a história se repete” é de se perguntar: o que a turma do Lula faz agora copiando o estilo da turma de Adhemar de Barros é farsa ou é tragédia? Aqui não dá para brincar e cremos ser interessante buscar uma resposta.

Segundo várias fontes esse bordão “rouba, mas faz” entrou para o folclore político brasileiro na década de 1950 do século passado. Os cabos eleitorais do político paulista Adhemar de Barros (1901-1969) o repetiam para neutralizar os adversários, que o acusavam de ser ladrão. Sacara que coisa mais mimosa? Em vez de negar as acusações, os adhemaristas afirmavam que Adhemar eram um fazedor, que construía isso e mais aquilo. Se roubava? Ora, isso era o de menos. O argumento era esdrúxulo, mas funcionava com uma boa parte do eleitorado, que também não ligava para aquele “detalhe” de roubar.

É exatamente essa coisa mimosa que os cabos eleitorais do seu Luís Inácio Lula da Silva fazem hoje. Professores, sociólogos, antropólogos, historiadores, jornalistas, militantes, gente que tem força para influenciar a opinião pública faz exatamente isso: criticam a Justiça, os juízes, a Policia Federal e falam das obras desse que se tornou o maior corruto da história moderna do País. É ou não é de total candura tudo isso?

É incrível como a “esquerda” dos anos de 2000 consegue manipular a opinião pública como a “direita” dos anos de 1950 conseguia fazer. Sim, Adhemar roubava, dizia sua turma, mas é um politico que faz e a roubalheira é apenas um detalhe. Sim Lula rouba, mas faz, e a roubalheira é somente um pequeno detalhe.

O velho Ademar teria roubado tanto que num de seus cofres havia algo como 2,4 milhões de dólares. Pode? E essa grana, mais tarde, foi roubada, sendo que parte foi abastecer a luta armada que se formou para derrubar a ditadura brasileira e em seu lugar colocar outra ditadura. Claro que esse fato do roubo acabou ficando por isso mesmo, pois ladrão que rouba de ladrão tem cem anos de perdão, não é assim?

Outra coisa, perto dos números da corrupção de hoje as falcatruas do velho Adhemar de Barros ainda vão ser consideradas coisa de aprendiz de feiticeiro embora em sua época ele tenha sido tisnado, por seus opositores, como um dos maiores gatunos da politica nacional!

Notaram como as coisas vão se tornando dolorosamente imbricadas? Fiquem brincado dessas coisinhas de “esquerda” e “direita” esperando que a vaca tussa.

Enfim, dá para divagar um eito nisso tudo, mas essa da turma do Lula copiar a turma do Adhemar é de trincar a orelha e de deixa o pavão com cara de urubu...

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027