Diário da Manhã

É proibido proibir?

Proibições, controles, regramentos, estão umbilicalmente ligados a determinado contexto. São inerentes a uma cultura especifica, a um tipo de estágio civilizatório, a uma visão de mundo particular, aos preceitos de quem mantem o poder de mando.

É razoável dizer que esses decretos do “não pode”, do “não deve”, do “fica proibido” funcionam como antibióticos de uma sociedade/cultura e agem para manter o status quo vigente “ad infinitum.” Na década de 1960, no tempo do arbítrio, parte da minha geração, por exemplo, defendia que era proibido proibir...

Num Planeta multifacetado como o nosso querer universalizar alguns conceitos sem levar em conta as características, as especificidades da história do lugar geram desavenças, não raros conflitos sangrentos.

Comportamentos que os aiatolás do Irã proíbem, que o ditador comunista da Coréia do Note impõe, por exemplo, não tem a mesma vigência nos Estados Unidos, no Brasil, em Passo Fundo. Num mundo em movimento e globalizado, refém da tecnologia das comunicações que ignora fronteiras proibições, controles, regramentos se tornam mais elásticos, se esgarçam aos poucos e mudam. Em qualquer novela da TV das 18 horas de hoje tem mais cenas de sexo do que num filme da década de 1950 exibido às 22 horas com proibição para menores de 18 anos.

No ano que passou o Brasil assistiu um bate-boca – oportuno – nesse sentido, algo que, nas redes sociais, cheirou a conflito ideológico entre “esquerda” e “direita”, entre comunista e coxinha a partir de exposição de artes no espaço cultural do Santander em Porto Alegre.

Desse embate digital entre “esquerda” e “direita” destaco dois pontos que, para mim, são cruciais. O primeiro diz respeito à postura liberal revelada pelos comunistas brasileiros. Nenhum governo comunista tolerou homossexuais ou lésbicas, tidos como sendo desvios de conduta típicos do capitalismo depravado. Fidel expulsou de Cuba Reinaldo Arenas, grande intelectual da ilha, por ser homossexual – Guevara fez campos de concentração para reeducar tais cidadãos de conduta capitalista depravada.

A Rússia de Stálin não fez diferente nas proibições (homossexualismo era crime e as perseguições a eles persistem ainda hoje) e chegou à sandice de proibir o violão de sete cordas por ser coisa do capitalismo. Assim, o bate-boca nacional recente mostrou que não tem nada mais liberal que um comunista fazendo oposição a governos das sociedades democráticas. Claro, não tem ditador mais cruel do que comunista no poder!

O segundo pondo do bate-boca digital – oportuno, repito – gerou tanta confusão que se tem a sensação de que palavras e expressões perderam o sentido quando se fala de manifestações artísticas. De um lado e de outro querem nos colocar goela abaixo os “seus conceitos” mesmo não sendo claros e desrespeitando a individualidade de cada um. Hoje em dia, por exemplo, você corre o risco de ser linchado se definir como de “em mau gosto” uma tela, um filme, uma peça teatral. Belo e feio são palavras banidas do dicionário, não cabem mais nas conversas de hoje em dia no campo das artes.

Nesse debate maniqueísta que coxinhas e comunistas fizeram ficaram sem sentido prático palavras como pudor, decoro, devassidão, licenciosidade, vergonha, postura, moral, escárnio, opróbio, estética. Ou não?

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027