Coluna edição 27/03/2018

Caseiro

O Esporte Clube Passo Fundo tem um grande desafio nesta Divisão de Acesso. Até aqui, o Tricolor disputou cinco jogos e ficou claro o perfil “caseiro” da equipe. Nas duas vezes em que atuou no Estádio Vermelhão da Serra, o time dirigido por Rodrigo Ferrari obteve duas vitórias, sobre Tupi (2x1) e Igrejinha (3x2). Notem que foram placares apertados, construídos com muita transpiração e menor dose de inspiração. Então, apresenta-se um aproveitamento 100%, mantendo um dos mandamentos da competição, que é vencer em casa.  Neste quesito, o Passo Fundo segue a receita do sucesso.

Problema

O bicho pega mesmo é quando o time vai jogar fora de casa. Em três compromissos longe do Vermelhão da Serra, foram duas derrotas (2x0 pró União e 1x0 pró Ypiranga), aliadas a um empate (2x2 com o Brasil). Exceção feita especialmente ao primeiro tempo nas Castanheiras e à vantagem obtida de dois gols no placar ao longo do jogo – depois reduzida a um empate – o Passo Fundo vem demonstrando um futebol pouco convincente. Em Erechim, fiquei especialmente assustado com o alto número de passes errados. Já lá atrás, em Frederico Westphalen, o problema esteve no posicionamento defensivo.

Equilíbrio

Ocorre que o Passo Fundo não pode apostar somente nos jogos em casa. O time precisa com certa urgência também ganhar nos domínios dos adversários, marcando até mesmo o seu diferencial em relação ao restante dos concorrentes. Penso que esse jogo de manhã, contra o Esportivo em Bento Gonçalves, cabe bem como vitória ao Tricolor. O Esportivo vem fazendo uma campanha pior, está atrás na classificação do Grupo B e pode sim ser batido na Montanha dos Vinhedos. Só que para tal, o Passo Fundo precisa jogar mais.

Futsal I

Começou com um empate a série de amistosos que o Passo Fundo Futsal/ Fasurgs/ Valtra Razera vai fazer antes da estreia na Série Prata. Mas não deve-se avaliar um amistoso apenas pelo placar, ainda mais sendo a primeira atividade do tipo na pré-temporada. Ao que parece, o time vai ganhar força e pretende fazer uma grande campanha, tendo como objetivo maior um lugar na Série Ouro.

Futsal II

E, para fazer um grande 2018, a esperança está no apoio que a equipe vem recebendo fora das quatro linhas. Já destaquei a campanha de conselheiros, que tem quase 150 nomes e pretende fechar em 200 contribuintes anuais. Só isso já daria uma boa injeção financeira ao clube. Mas tem mais: para esta temporada, há um número maior de patrocinadores, o que logicamente garante uma saúde financeira interessante para quem quer subir. São muitas empresas apoiando, o que dá a noção de que sim, o futsal está voltando a ser febre e pode retornar ao patamar que teve anos atrás em Passo Fundo.        

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027