Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Meu novo vizinho e a filosofia

Temos um vizinho novo. Trata-se de um rapaz alto e saudável, que chega ao final da tarde e sai bem cedinho. Presumo que seja um trabalhador como qualquer outro, todavia, sua morada é inusitada por estar em um terreno baldio onde existe um telhado e em baixo dele algumas caixas de papelão. É ali que o vizinho dorme e onde guarda suas coisas. Sua condição de vida e invisibilidade lembram-me de  o caso bem emblemático.

Uma professora de filosofia conta sobre uma aula frequentada por adolescentes em uma escola pública. Os estudantes foram chegando e fizeram companhia a um grupo uniformizado fazendo limpeza na sala. Alguns minutos depois, a ausência da professora foi sentida e as reclamações pelo atraso foram inevitáveis.

Em meio à estranheza pelo atraso alguém falou: “O que é filosofia?” Os alunos perceberam então que a professora integrava o grupo uniformizado. O episódio resultou em uma aula inusitada, cheia de significado, pois perceberam a condição de invisibilidade do grupo que limpava.

Os alunos entenderam, após uma conversa, que a filosofia propõe-se a ver o mundo à nossa volta, com atenção, com senso crítico e com o intuito de compreender as raízes da experiência humana.

Duvido que alguém tenha saído daquela sala sem ter sido profundamente afetado. Certamente aquela meninada tinha a impressão de que a filosofia fosse algo abstrato, fruto de conceitos que, através da história da filosofia diferentes pensadores elaboraram para entender os valores, a natureza, a beleza, o homem, cada um à sua maneira.

Entenderam que esses filósofos tinham a característica de questionar o mundo considerando as teias das nossas relações cada vez mais complexas.  A necessidade de nos inquietarmos é cada vez maior, por isso ampliaram os questionamentos chegando a mais significados. Os alunos compreenderam a invisibilidade como uma questão forte que precisa ser visitada.

A experiência humana mostra-nos seres que passam por nós sem que sejam vistos. As ciências fundamentam o conhecimento, mas os comportamentos fogem da abrangência delas. Há que manter um afastamento do real, para que enxerguemos o que o pensamento radical nos proporciona. A superficialidade torna-nos máquinas e não conseguimos enxergar o que está ali, à nossa frente.

Não precisamos estar de uniforme para que sejamos invisíveis. Tantas vezes ignoramos pessoas em função do que a tecnologia permite, fazendo-nos indiferentes ao lugar onde estamos e às pessoas que nos rodeiam. O aparelho celular tornou-se um companheiro inseparável em todos os lugares em detrimento do convívio humano. Preferimos olhar paisagens armazenadas no celular, ao invés de apreciá-las enquanto passamos. O mundo real passa a ser invisível. Pessoas reais são ignoradas, enquanto vivemos nossas vidas em ritmo alucinante, sem que consigamos ver a verdadeira beleza. Observar o mundo de verdade torna-nos sensíveis e aptos ao aprimoramento da condição humana.

Meu vizinho novo continua lá, invisível em seu modo de vida. Imagino as privações por que passa, imagino a solidão que a noite lhe traz, avalio o frio percorrendo seu corpo e os insetos corrompendo sua pele. Sinto-me cada vez mais impotente diante das desigualdades. A pobreza extrema é uma excrescência imperdoável e a indiferença nos avilta enquanto cidadãos.

Considero a filosofia indispensável. Considero o alhar atento cada vez mais necessário. Enquanto nos inquietamos o Estado nos brinda com planos elaborados dentro de gabinetes por pessoas dissociadas da realidade. Essas pessoas deveriam andar de ônibus, ter seus filhos em escolas públicas e seus sapatos sujos de tanto frequentar os guetos onde pessoas invisíveis amargam a falta de tudo o que traz conforto, saneamento, moradia digna, comida suficiente.

A cada inverno minha alma sangra. Por óbvio! 

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027