Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Coluna edição 01/08/2018

Política de alianças

A política de alianças realmente não segue nenhuma lógica e muito menos, nenhuma ética...Tanto que a maioria dos eleitores já desistiu de entender e até mesmo, os políticos já desistiram de explicar o inexplicável...Afinal como explicar partidos aliados em nível nacional, estarem em palanques diferentes nos Estados? Ou mesmo partidos adversários ferrenhos em nível municipal estarem abraçados em nível nacional? ...Alguém dirá que isso faz parte do jogo democrático e que sempre foi assim, bla, bla, bla...Mas não é pelo fato de ter sido sempre assim que passa a ser certo, ético ou mesmo decente...

Frentão do Sartorão

Porém, para sorte dos eleitores passo-fundenses, surpreendentemente a sopa de letrinhas que vem se desenhando em nível estadual para o Piratini não se apresenta muito diferente das correlações de forças que hoje comandam o município...O frentão do Sartorão garantiu que os dois partidos que hoje comandam a Prefeitura venham aliados no palanque do governo do Estado, com o PSB de Luciano Azevedo e o PMDB de João Pedro Nunes. É claro que a aliança que se formou aqui em 2016 não se repete na íntegra no frentão de Sartori, já que a coligação Juntos por Passo Fundo ainda é formada por partidos como o PCdoB, que deve apostar em candidatura solo, além do PSDB e PTB, que unidos em torno de Eduardo Leite devem representar a principal pedra no sapato de Sartori, que com o Frentão garantiu o maior tempo de propaganda, com 3’25” em cada bloco de 10 minutos...

Tradição

Da série ‘vale a pena ver de novo’, chama atenção que assim como as alianças, a preferência dos eleitores de Passo Fundo não segue uma lógica partidária...Enquanto em 2010, com Tarso Genro, o PT fez mais de 60% dos votos no município, em 2014, o resultado se inverteu, com o PMDB de Sartori conquistando mais de 60% dos votos dos passo-fundenses, seguindo, aliás, a tradição do Estado de não reeleger governador...

Cabos eleitorais

...Se a tradição vai se manter ou não, somente as urnas irão dizer daqui a dois meses...O certo, porém, é que não vai faltar cabo eleitoral de luxo para Sartori em Passo Fundo...Além do prefeito e do vice-prefeito, o projeto reeleição de Sartori ainda vai contar com o apoio de Beto Albuquerque, um dos candidatos ao Senado pela coligação e principal articulador do ingresso do PSB no Frentão de Sartori...Aliás, com a desistência de Germano Rigotto, até o último momento Beto apostava que poderia emplacar como candidato único ao Senado pela chapa, mas o PMDB acabou confirmando José Fogaça na disputa ao lado de Beto...

Saia justa no PP

Até o fim do prazo das convenções e registro de candidaturas, ainda está aberta a temporada de especulações...Com a saia justa criada na aliança do PP com o PSL no Estado em função do apoio declarado de Ana Amélia Lemos ao tucano Geraldo Alckmin, a senadora está sendo cotada para ser candidata a vice-presidente na chapa de Alckmin...O namoro de Ana Amélia com os tucanos não é novidade, já que ela defendia a aliança do PP-RS com o PSDB de Eduardo Leite, porém foi voto vencido, o que enfraqueceu sua liderança no partido...Apesar que há boatos que a candidatura de Heinze está por um triz, em função da decisão do PP nacional de destinar migalhas do fundo partidário para a candidatura do gaúcho...

Cenário movimentado

Dois fatos ontem movimentaram o cenário político eleitoral...Um nacional, com o anúncio de que o registro de candidatura do ex-presidente Lula pode ser julgado antes do início da propaganda no rádio e na tv, dia 31 de agosto e outro fato, de esfera local, com a notícia da condenação por improbidade administrativa de um dos pré-candidatos do PSDB à Assembleia, o major aposentado da BM, Evandro Zambonato. Apesar de na condenação, o juiz ter suspendido os direitos políticos de Zambonato pelo período de 05 anos, ele mantem a pré-candidatura, já que recorreu da decisão, que é de primeira instância...

‘Não largam o osso’

Ainda falando em candidatos, levantamento divulgado ontem pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) aponta que um número recorde de deputados federais pretende concorrer à reeleição neste ano. Dos 513 deputados, mais de 90% tentarão a recondução ao cargo. E grande parte dos que não irão tentar à reeleição, é porque apostam em outros cargos. Ou seja, ‘noves fora’, apenas 21 dos atuais deputados, o equivalente a 4% irão estar fora das urnas em outubro.  Os motivos para tanto interesse em seguir na vida pública são muitos, mas sem dúvida para a maioria não é nem mesmo uma opção, mas uma necessidade de manter o foro privilegiado...

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027