Especial | Construmóveis 2015

Construção civil: um pilar de Passo Fundo

Construção civil: um pilar de Passo Fundo
Foto: Matheus Moraes / DM

Nos últimos 30 anos, o segmento cresceu e transformou a economia da cidade com negócios e geração de empregos

A cidade de Passo Fundo se caracterizou por ser um pólo econômico, médico e educacional. Nos seus 158 anos, as mudanças no município aconteceram com o tempo. E para quem acompanha o crescimento da cidade, percebe a evolução de outro segmento que não para de ganhar espaço: a construção civil. Torres comerciais, hotéis, residências. Com diversos edifícios, a cidade se desenvolve e o ramo possibilita alterações no cenário do município, principalmente na economia.

O Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de Passo Fundo (Sinduscon) – que promove a Construmóveis – detém mais de 100 associados, entre eles, mais de 70 construtoras e incorporadoras. O Sinduscon representa a concentração de empreendedores da construção civil que demodelaram a cidade nos últimos 40 anos.

De acordo com a professora e economista da Universidade de Passo Fundo (UPF), Cleide Moretto, o segmento da construção civil é dinâmico e tem implementado importantes inovações em nível de processo produtivo. Conforme ela, a principal característica do setor é a demanda potencial em nível regional. ''Empresários do agronegócio de toda a região costumam usar commodities como moeda de troca e destinam seus investimentos para os imóveis locais. O investimento de imóveis para fins de aluguel costuma ser visto como uma opção pelos investidores por permitir o repasse dos índices de inflação para o rendimento obtido'', considera.

Na sexta-feira passada (25), dia que a 18a edição da feira foi inaugurada, o prefeito Luciano Azevedo destacou as portas que a construção civil abre para o município. ''O segmento da construção civil é historicamente fundamental para o desenvolvimento da nossa cidade, na geração de empregos, na distribuição de renda e na transformação da imagem da cidade'', declara. Segundo o prefeito, algumas cidades do Rio Grande do Sul não se transformaram com o tempo, ao contrário de Passo Fundo. ''Tem cidades que pararam no tempo, e Passo Fundo cresceu para melhor, graças a soma de muitas áreas, sobretudo a construção civil. A Construmóveis é um compromisso do Sinduscon e da construção civil com a nossa cidade. É uma demonstração otimista do futuro da cidade'', comenta.

Para Cleide Moretto, o setor envolve uma cadeia produtiva, com relação de diferentes estabelecimentos, agregando empresas de diferentes tamanhos, sobretudo no comércio atacadista, varejista e de serviços. ''Essa cadeia permite a absorção de um expressivo contingente de trabalhadores autônomos ou por conta própria, com mais de três mil empregos diretos com carteira assinada'', relata.

A economista relata que, com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), dentre os 15.762 estabelecimentos formais do municípios, 736 pertencem ao segmento da construção civil (construtoras, incorporadoras, empresas de terraplanagem, de engenharia e arquitetura, de fornecedores de materiais e acabamentos, estabelecimentos do ramo imobiliário). Segundo Cleide Moretto, essa parcela expressiva de empregos diretos e indiretos mostram a importância da área para a cidade. ''O setor é importante para a dinâmica econômica do município e região. E, mesmo com a crise, o setor tem conseguido manter o estoque de empregos diretos'', analisa.

O Deputado Estadual Juliano Roso alegou que a construção civil é um dos pilares que fortaleceram o desenvolvimento da cidade. ''A cidade está assim hoje porque construiu. Quem entra em Passo Fundo ou fica dois anos sem visitar a cidade, fica impressionado como Passo Fundo cresce e se desenvolve. Tem pessoas que vêm para cá e pensam que a cidade tem 500 mil habitantes, porque a construção civil é muito forte'', salienta.

Em fevereiro deste ano, uma pesquisa da revista Exame sobre os 200 municípios do país com maior potencial para investimento imobiliário com população de até um milhão de habitantes apontou Passo Fundo na 129a posição no Brasil e oitava no Rio Grande do Sul. Os dados do índice são dos anos de 2010 a 2012 com projeção para 2013, quando o panorama econômico do segmento e do país era distinto ao atual. 

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027