Especial | Meio Ambiente

Construções Inteligentes: hotel de Passo Fundo se destaca pela iniciativa sustentável

Construções Inteligentes: hotel de Passo Fundo se destaca pela iniciativa sustentável
Foto: Divulgação

Com uma série de medidas que dão prioridade para a sustentabilidade, o Prix Hotel se destaca no mercado

Já faz tempo que o mundo faz movimentos para recuperar os danos feitos ao meio ambiente. A partir desta necessidade muitos setores buscam alternativas para minimizar os impactos que causam a natureza. Buscando soluções efetivas de sustentabilidade, o Prix Hotel de Passo Fundo se transformou em case para a hotelaria nacional, ao adotar iniciativas que olharam para a sustentabilidade do projeto, desde o início da obra até o funcionamento do dia a dia.

Como define o proprietário, Paulo Trevisan, o Prix Hotel muito mais do que levantar a bandeira da sustentabilidade por modismo, nasceu sustentável. O empreendimento fez escolhas que minimizam os impactos desde o primeiro dia da obra, minimizando os desperdícios da construção, adotando medidas que diminuíam os impactos no meio ambiente.

O empresário conta que foi necessário uma extensa pesquisa para conhecer os materiais disponíveis no mercado, quais as particularidades de cada um, e como cada técnica se adaptaria as necessidades do empreendimento.

Hoje, o hotel que foi inaugurado em 2013 atrai hóspedes pela proposta ambiental. Agências de viagens catalogam o Prix Hotel na rota das opções de hospedagem sustentáveis, e empresas escolhem o hotel para hospedar seus colaboradores, ou fazer eventos coorporativos pela sustentabilidade do espaço. Trevisan conta que nas avaliações deixadas por quem passa pelo Prix, a preocupação ecológica é apontada entre os aspectos positivos do serviço. No dia a dia de suas operações o hotel adota uma série de medidas sustentáveis, mas são três eixos principais onde o trabalho ganha mais atenção.

Redução do consumo de energia
Para minimizar o consumo de energia elétrica, todos os cerca de 2.400 pontos de luz do Prix Hotel são iluminados com lâmpadas de LED, investimento que faz do Prix o único hotel de grande porte do Brasil a adotar essa iluminação em toda a sua estrutura. Para garantir as funções de iluminação nos diferentes ambientes, da sala de convenções aos apartamentos, o Hotel tem 17 modelos diferentes de lâmpadas.

O ar condicionado também tem a mesma proposta de diminuir o consumo de energia. Depois de um bom tempo de pesquisa por modelos no mercado, os aparelhos Inverter surgiram como melhor alternativa. Trata-se de compressores capazes de reduzir em até 30% do gasto de energia onde forem adotados. “O próprio prédio para gastar menos energia tem uma lógica que acompanha toda a construção. E no dia a dia temos uma série de práticas e orientações para chegar a esse resultado”, explica Trevisan.

Água
Na economia de água, um grande redutor de consumo é a reutilização das águas da chuvas que é realocada para os vasos sanitários e a jardinagem. Trevisan explica que o Hotel tem uma capacidade instalada de armazenar 165 mil litros de águas das chuvas. “Nós já tinhamos o conhecimento técnico de não fazer telhados nos edifícios. Então, os últimos andares que nós temos aqui são terraços impermeabilizados que recolhem essa água das chuvas. Isso tem um resultado ótimo, e essa água também alimenta tudo o que envolve a segurança e prevenção de incêndio”, explica.

Aquecimento Solar
Já a água aquecida para o banho ou para outras finalizadades é aquecida através da energia solar. “Nós temos uma estrutura que compreende painéis dos mais avançados do mercado, que ficam aquecendo a água com o sistema solar, e os resultados tem sido excepcionais. Como nós mantemos aquecido um grande volume, são 16.700 litros de água em constante aquecimento, nós acabamos gastando pouco gás. O gás acaba sendo o segundo estágio, o primeiro é o solar. Mesmo no inverno, a temperatura do dia pode estar a 14ºC mas a da água aquecida a 25ºC”.

Financeiramente Sustentável
Na hora de optar por investir em uma obra ecologicamente correta, muitos investidores dão um passo para trás no momento em que o orçamento da obra chega. Trevisan concorda que o investimento é alto, mas segundo o empresário o retorno que essas escolhas são saudáveis também para o negócio. “É preciso acreditar muito no que está fazendo, acreditar na causa. Nós não nos arrependemos em nada. O investimento foi muito elevado, mas do ponto de vista da recuperação está sendo bem mais rápido do que eu imaginava”, diz o empresário que contabilizava ter o retorno de investimento em quatro anos, mas viu esse tempo diminuir desde que o Hotel foi inaugurado.

Multiplicador
Trevisan ressalta que a empresa tem consciência que a partir do momento que optou por fazer escolhas sustentáveis no hotel, o negócio assumiu também um papel de multiplicar a consciência ambiental. “Nesse patamar o hotel assume o papel de conscientização dos usuários. Despertar e fazer com que as pessoas mais e mais tenham práticas sustentáveis”, conclui.

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027