Abordagem gera boato de sequestro realizado por falsos policiais em Passo Fundo

Caso aconteceu nas proximidades da Câmara de Vereadores de Passo Fundo, na manhã de hoje (7)

Compartilhe

Um homem foi detido nas proximidades da Câmara de Vereadores de Passo Fundo, no fim da manhã desta quarta-feira (7). De acordo com informações da Polícia Civil, o indivíduo chegou de Carazinho na rodoviária de Passo Fundo por volta das 11h30.

Na rodoviária, ele teria sido identificado por um policial militar à paisana. O PM teria tentado abordar o indivíduo, que conseguiu fugir em direção à Prefeitura de Passo Fundo. Durante a ação, o preso gritou que era vítima de um sequestro e que o PM não seria policial.

Na sequência, o indivíduo foi abordado nas proximidades da Câmara de Vereadores e foi colocado em um veículo de uma pessoa que seria um conhecido do PM. Outros indivíduos ajudaram na captura.

A partir disso, testemunhas relataram que o caso se tratava de um sequestro e que a suposta vítima teria inclusive sido baleada. Isso, entretanto, não ocorreu, mas repercutiu como se fosse verdade nas redes sociais em Passo Fundo.

O homem foi encaminhado à Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec).Durante a tarde, policiais de Carazinho o levaram para o município vizinho. De acordo com a delegada Rita de Carli, o detido é suspeito de participação de um homicídio.

Leia grátis o jornal digital

Comentários
Diário da Manhã

Diário da Manhã - Todos os direitos reservados. All rights reserved ®