Academia Carazinhense de Letras empossa primeira diretoria

Constituída neste ano, a entidade tem o propósito de incentivar e difundir a prática da escrita no município

Foto: Anderson Favero/DM

Compartilhe

Na noite desta terça-feira (30), no auditório da Universidade de Passo Fundo (UPF), campus Carazinho, aconteceu a solenidade de posse da diretoria e membros da Academia Carazinhense de Letras (ACL). Recém-criada, a entidade tem o propósito de despertar o desejo pela escrita e pela leitura na comunidade. Em seu discurso de posse, o primeiro presidente da ACL, Ervino Paulo Vogelmann, falou sobre os primeiros projetos da entidade.

– Nesse primeiro momento, estamos constituindo legalmente a ACL, que já nasce para ser uma instituição pública e próxima das escolas e demais espaços de ensino, incentivando a leitura e a prática de oficinas de escrita. Queremos despertar nas crianças e adolescentes o desejo de escrever – pontua.

Constituída a partir do trabalho de várias frentes, como a Secretária Municipal de Educação e Cultura (Smec), Biblioteca Pública Dr. Guilherme Schultz Filho e, principalmente, através da iniciativa de escritores e demais profissionais carazinhenses ligados à escrita, a ACL já conta com 58 autores cadastrados. A ideia, agora, é buscar cada vez mais escritores, encorajá-los a produzir cada vez mais e colocar Carazinho na rota de escritores do Rio Grande do Sul.

– Nós nem sabíamos que tínhamos tantos escritores no município e quando começamos ir atrás deles encontramos mais de 50 pessoas, grande parte com obras já publicadas, inclusive. Por meio da Academia, conseguiremos incentivar e unir a categoria para uma produção constante – salienta Vogelmann, que é autor de livros sobre economia e autoajuda.

“A ACL nasce para ser uma instituição pública e próxima das escolas e demais espaços de ensino, incentivando a leitura e a prática de oficinas de escrita” Ervino Paulo Vogelmann, presidente da entidade

O evento realizado na noite da terça-feira contou com a participação de escritores, representantes do Executivo e Legislativo, apreciadores da escrita, a diretora interina da UPF de Carazinho, Munira Medeiros Awad, diretor do campo Ulbra Crazinho, Gilmar Maroso, e o presidente da Academia Passo-Fundense de Letras, Odilon Garcez Ayres. Por ora, a sede da ACL será a Biblioteca Pública Municipal Dr. Guilherme Schultz Filho, local onde deverão ocorrer as reuniões do grupo.

Composição

Presidente: Ervino Paulo Vogelmann
Vice-presidente: Adari Francisco Ecker
Secretária: Marinilce Schmitz
2ª Secretária: Clarice Correa
Tesoureiro: Anderson dos Santos
2º Tesoureiro: Nivaldo Martins da Silva
Orador: Roberto da Cruz
1º Conselheiro: José Nevton Sperry
2º Conselheiro: Claudio Francisco Rech
3º Conselheiro: Pery Augusto Sommer Pereira

 

Leia grátis o jornal digital

Comentários
Diário da Manhã

Diário da Manhã - Todos os direitos reservados. All rights reserved ®