Acusado de homicídio qualificado vai a júri hoje em Carazinho

Crime ocorreu no dia 31 de julho de 2016, nas dependências de um posto de combustíveis, situado na BR-386, em Carazinho

Redação/ DM

Compartilhe

O Tribunal do Júri de Carazinho inicia nesta quinta-feira (8) o julgamento de Diego Armando Da Rosa, de 27 anos, acusado pela justiça de matar Walisson Alan Rodrigues e tentar contra a vida de outra pessoa, ambos os crimes cometidos por meio de disparo de arma de fogo.

O crime ocorreu na madrugada do dia 31 de julho de 2016, nas dependências de um posto de combustíveis, situado na BR-386, em Carazinho.

Segundo o Ministério Público, Diego agiu por motivo torpe, pois momentos antes dos fatos, o denunciado havia se desentendido com as vítimas, nas proximidades da Estação Rodoviária. Ainda, os crimes foram praticados mediante recurso que dificultou a defesa das vítimas, pois o denunciado realizou o ataque utilizando arma de fogo, enquanto que os ofendidos não detinham nenhum instrumento para se defender da agressão.

Crime

Diego chegou ao posto na carona de um veículo conduzido por suspeitos ainda não identificados, desceu do veículo e atirou contra um grupo de pessoas que estavam na dependência do posto, acertando as vítimas.

Depois, ele ainda correu atrás de outro grupo que tentava se proteger dentro do posto, efetuou novos disparos, mas desta vez não acertou ninguém. Ainda, após sair do posto, o rapaz atirou contra dois veículos estacionados no pátio do estabelecimento.

As vítimas foram socorridas e encaminhadas a hospitais, mas Walisson não resistiu aos ferimentos e morreu no dia 02 de agosto de 2016, na cidade de Paso Fundo, com “traumatismo crânio-encefálico”, conforme laudo pericial.

Júri

Outro caso de homicídio estava marcado para ser julgado na terça-feira (6), no Fórum de Carazinho, mas acabou sendo cancelado por ordem de força maior.

Leia grátis o jornal digital

Comentários
Diário da Manhã

Diário da Manhã - Todos os direitos reservados. All rights reserved ®