Apoio a Arteria

O espaço cultural precisa arrecadar fundos para continuar funcionando

A traçaria é o único sebo de troca e compra de livros que existe em Carazinho e fica na Arteria (Foto: Arquivo)

Compartilhe

A Arteria – espaço cultural localizado no Centro de Carazinho – está passando por uma situação crítica. Por não possuir o apoio de nenhuma instituição privada ou pública, e se manter, desde a sua inauguração em 2016, com contribuições mensais de membros da associação cultural, doações, funcionamento do brechó e da Traçaria (único sebo de trocas e compras de livros na cidade), está com dificuldades financeiras.

Segundo uma das coordenadoras da Arteria, Bruna Anacleto, o espaço possui um financiamento coletivo contínuo que aceita doações a partir de R$ 3,00 na plataforma online www.apoia.se/arteria. Além do financiamento, as pessoas interessadas em manter o espaço em pleno funcionamento podem fazer doações diretamente para os membros da associação, que mantém as atividades acontecendo.

– As formas de ajudar, além de financeiramente, é divulgar, participar, convidar e mostrar a importância de um espaço cultural numa sociedade. O fechamento da Arteria, além do fim de um espaço autogestado e único na cidade, é o fim de um espaço de socialização capaz de transformar a cidade através da cultura”, relatou Bruna, que também afirma estar aceitando sugestões de interessados em participar da gestão cultural do espaço, parcerias, trocas e ideias que continuem fazendo o coração da cidade pulsar suas artes cada vez mais.

Leia grátis o jornal digital

Comentários
Diário da Manhã

Diário da Manhã - Todos os direitos reservados. All rights reserved ®