Presenciou alguma irregularidade? Saiba como denunciar

O eleitor possui diversos meios de denunciar eventuais problemas

Arquivo/Diário

Compartilhe

No segundo turno das eleições neste domingo, há vários meios dos eleitores denunciarem irregularidades, como boca de urna ou compra de votos. Confira como é possível realizar as denúncias:

1. Comunicar ao presidente da seção eleitoral

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o presidente da seção eleitoral é a maior autoridade da seção de votação. É dele a responsabilidade de manter a ordem no recinto, dispondo da força pública quando necessário. Ao presenciar qualquer fato estranho na hora da votação, o cidadão deverá informar o fato imediatamente ao presidente da mesa receptora de votos, que é, na ausência do juiz eleitoral, a autoridade superior. O presidente da mesa, então, comunicará o fato à Polícia Militar, que atuará segundo orientação para esses casos.

2. Denunciar pelo aplicativo Pardal

A plataforma foi desenvolvida pela Justiça Eleitoral para uso gratuito em smartphones e tablets. A ferramenta pode ser utilizada para noticiar diversos tipos de infrações eleitorais, como as relativas à propaganda eleitoral, compra de votos, uso da máquina pública, crimes eleitorais e doações e gastos eleitorais.

O Pardal também pode ser acessado pela web pelo endereço https://pardal.tse.jus.br/pardal-web/ e o eleitor pode inclusive acompanhar a denúncia.

3. Comunicar a Polícia

O eleitor também pode entrar em contato diretamente com a Polícia Militar, pelo número 190, e realizar a denúncia.

Leia grátis o jornal digital

Comentários
Diário da Manhã

Diário da Manhã - Todos os direitos reservados. All rights reserved ®