Supermercados projetam crescimento nas vendas de Natal e Ano-Novo

Pesquisa aponta que o consumidor gaúcho vai comprar mais em dezembro de 2018 em comparação ao mesmo período do ano passado

Foto: Anderson Favero/ DM

Compartilhe

O mês de dezembro deve ser um dos melhores em faturamento para a rede supermercadista. Uma pesquisa encomendada pela Associação Gaúcha dos Supermercados (Agas) ao Instituto Segmento Pesquisas e divulgada nesta semana projeta um crescimento de 3,6% nas vendas de Natal e Ano-Novo em 2018 na comparação com o mesmo período do ano passado. Nesse contexto, empresários ligados ao setor em Carazinho estão otimistas para a temporada. É o que relata Saul De Carli, sócio proprietário da Casa do Pão:

– Para este ano, esperamos um crescimento de 10 a 15% em nosso faturamento no mês de dezembro. Isso se deve, principalmente, a uma nítida melhora no poder aquisitivo das pessoas, que acaba aquecendo todo o comércio e consequentemente os supermercados. Além disso, também temos o pagamento do 13° salário que contribui para este cenário positivo – avalia De Carli, que relata, ainda, que entre os itens mais procurados pelos consumidores na temporada estão as carnes, como o peru, o chester e o leitão, e também os panetones e chocolates e bebidas, como espumantes, champanhe e cidra.

Na rede de supermercados Economia, segundo o gerente Paulo Mattos, a projeção de crescimento deve acompanhar o estudo da Agas e permanecer entre 3 e 4%. Segundo ele, o comportamento econômico do setor supermercadista, em 2018, teve uma boa melhora na comparação com o ano passado.

– Estamos finalizando um ano que teve eleições presidenciais, greve de caminhoneiros, aumento de combustíveis e oscilações do dólar. Contudo, também observamos que a economia está mais estável e o poder de consumo aumentou. Então, tendo em vista todas essas questões, acredito que não temos do que reclamar e vemos com bons olhos o faturamento do segmento em relação a 2017. E o mês de dezembro, no qual tradicionalmente temos um comércio mais aquecido, vem para somar ainda mais – explica.

Preços sem grandes oscilações

Em relação aos preços dos produtos comercializados no final do ano, os números da pesquisa da Agas indicam um aumento médio 0,9% superior aos praticados nas festas do ano passado. A elevação, que pode ser considerada baixa, também é constatada no Casa do Pão. “No geral, os preços estão bastante semelhantes aos do ano passado. Panetones, bebidas típicas e chocolates seguem sem grandes oscilações. O que deverá ter um aumento mais acentuado é a carne suína, já que neste ano o Brasil começou a exportar o produto para a Rússia e, por conta disso, é provável que o mercado interno sofra uma elevação nos preços – pontua De Carli.

Já Mattos explica que diante de possíveis aumentos que possam surgir na temporada, a rede irá tomar medidas para que o consumidor não seja tão impactado. “Recentemente, tivemos o aumento do dólar e do combustível. Os alimentos vindos da indústria, por sua vez, igualmente sofreram reajustes, porém, sempre temos um cuidado especial para que isso não impacte demais no bolso do consumidor. Para tanto, vamos correr atrás de promoções e parcerias com nossos fornecedores a fim de que esse aumento não comprometa as festas de final de ano de nosso clientes”, diz.

Nesse contexto, segundo os números levantados pelo Instituto Segmento, cada gaúcho vai presentear em média seis pessoas do seu convívio, oportunizando ao varejo a comercialização de produtos mais acessíveis. “Quanto maior é o número de pessoas presenteadas, mais cresce a procura por presentes mais baratos. Neste cenário, os supermercados ganham a preferência, por oportunizarem conveniência, facilidade de pagamento e opções de presentes com menor preço”, sublinha o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo.

Outro dado importante levantado pela pesquisa aponta que 90% dos supermercadistas ouvidos pelo Instituto Segmento vão fazer algum tipo de promoção no período de festas. Na Casa do Pão, as ofertas começam a valer a partir da primeira semana de dezembro.

– No início de dezembro, já estaremos com promoções nos produtos mais comprados nessa época e nosso objetivo é que a população possa ir antecipando suas compras para não deixar tudo para a última hora. Mais próximo do Natal e fim de ano também teremos ofertas especiais, a exemplo do que fazemos todos os anos – destaca De Carli.

Itens mais buscados

De acordo com a pesquisa da Agas, o panetone deverá ser o presente mais procurado pelos consumidores gaúchos nos supermercados, com 24,1% da preferência, em seguida, aparecem as bebidas, com 16,7%, as bonecas, com 13%, e os brinquedos em geral, que contabilizam 11,1% da preferência.

Horário diferenciado

Em dezembro, nos domingos que precedem o Natal e o Réveillon, a previsão é de que todos os supermercados carazinhenses mantenham suas portas abertas. Os dois dias a mais de vendas também devem contribuir para o aumento no faturamento.

Leia grátis o jornal digital

Comentários
Diário da Manhã

Diário da Manhã - Todos os direitos reservados. All rights reserved ®