Diário da Manhã

Estado

Caso Basegio: PF abre inquérito para investigar suposto crime eleitoral

Autor: Redação Passo Fundo
Caso Basegio: PF abre inquérito para investigar suposto crime eleitoral
Foto: Michelli Beis / Arquivo DM

O pedido de investigação foi solicitado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Os crimes a serem investigados são corrupção do uso do poder econômico, captação ilícita de recursos e corrupção eleitoral

No início dessa semana, a Polícia Federal de Passo Fundo abriu inquérito para investigar suposto crime eleitoral contra o deputado estadual Diogenes Basegio (PDT). O pedido para as investigações foi feito pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). “O pedido solicitado pelo TRE, é para investigar corrupção do uso do poder econômico - Art. 299 do Código Eleitoral, captação ilícita de recursos e corrupção eleitoral”, explica o chefe da Delegacia de Polícia Federal de Passo Fundo, delegado Mauro Vinícius Soares de Moraes.

Segundo Moraes, Basegio mantinha um albergue no município, onde parentes de pessoas que estavam em tratamento médico, eram hospedados. “Ele mantinha um Albergue que amparava parentes de pessoas em tratamento médico no município, e a investigação busca descobrir se ele se valeu disso para angariar os votos. Com as investigações, saberemos se o Albergue era apenas fachada ou não”, pontua o delegado, ao destacar ainda, que não há tempo pré estabelecido para que as investigações sejam finalizadas.

Próximos passos
As investigações seguem, e pessoas serão ouvidas sobre o caso. “Os próximos passos das investigações ouvirá os envolvidos e apontados como suspeitos em participar do caso, uma série de investigações serão feitas para verificar se houve ou não o crime em questão”, salienta o chefe da Delegacia de Polícia Federal de Passo Fundo, delegado Mauro Vinícius Soares de Moraes. Após as investigações, caso as denuncias se confirmem, e caso condenado, a pena para o crime é de reclusão de até quatro anos. “Há ainda, as penas acessórias, que é pagamento de multa e até cassação do mandato, por exemplo”, finaliza Moraes.

O caso
O processo contra o deputado Diogenes Basegio iniciou em 8 de junho, depois de veiculação de matéria jornalística nacional em que o ex-chefe de gabinete denunciou irregularidades envolvendo a contratação de funcionária e adulteração nos procedimentos dos registros da quilometragem dos carros do parlamentar. 

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027