Diário da Manhã

Cultura

Osinca irá ampliar projetos musicais em Carazinho

Autor: Sérgio Augusto Cornélio
Osinca irá ampliar projetos musicais em Carazinho
Foto Arquivo DM

O projeto da Academia de Música passa a contar com o patrocínio e forte investimento da Vivo, que pretende transformar o município em um dos grandes polos culturais do Sul do país. Já o Projeto Osinca nas escolas deverá abranger crianças e adolescentes da rede municipal de ensino

Com patrocínio exclusivo do grupo de telefonia Vivo, a Orquestra Sinfônica de Carazinho (Osinca) deverá expandir em proporções muito maiores, o projeto Academia de Música. “A Vivo pretende transformar Carazinho em um dos grandes polos culturais do Sul do país. Esse projeto até então era modesto, realizado dentro das possibilidades limitadas que tínhamos. De início, essa parceria está investindo mais que o dobro do que já foi investido durante todos esses anos. Isso vai proporcionar um salto muito grande ao projeto”, explica o maestro Fernando Cordella, coordenador da Osinca.

Cordella revela que já está sendo aberto edital para contratação de mais professores, visando a ampliação do projeto. “Vamos trabalhar com os melhores profissionais que estão á disposição. Alguns nós já tínhamos na Orquestra e outros, inclusive de fora do Rio Grande do Sul estão manifestando interesse em participar dessa seleção”, ressalta.

O Projeto Osinca vem contribuindo para a formação musical de dezenas de jovens, muitos deles hoje integrantes da Orquestra e também de outras orquestras do Estado. “O projeto já representa hoje o maior Polo Cultural da região Norte do Estado, o qual foi criado pela Fundação Cultural de Carazinho (FUCCAR), há 11 anos. Iniciou modestamente e com os anos foi atingindo um grau elevado de qualidade, o que chamou a atenção de investidores”, enfatiza o maestro.
Desde sua criação em 2006, já alcançou mais de 25 mil pessoas, tanto em alunos, quanto em público nos concertos e eventos. “É um projeto continuado, que ao longo de seus 10 anos vem transformando a realidade cultural da região, o que representa um projeto perene, capaz de deixar um rico legado às futuras gerações”, enfatiza Cordella.

ACADEMIA DE MÚSICA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS
Outro projeto educacional e cultural da Osinca foi apresentado na última sexta-feira (10) pelo Maestro Fernando Cordella ao prefeito Milton Schmitz. No encontro realizado na Prefeitura, participaram a secretária de Educação, Sandra Citolin; o secretário Geral do Governo, Jorge Dutra; a coordenadora de Cultura da Secretaria Municipal de Educação, Silvana Souza e o produtor Vinícius Moreira. O projeto apresentado refere-se a possibilidade de uma parceria entre a Secretaria de Educação e Cultura (SMEC), através das escolas municipais e a Osinca, que
consiste na realização de atividades pedagógicas sociais gratuitas, bem como concertos didáticos para a comunidade.

Conforme ressalta que este é um projeto de grande impacto de transformação social, devido à contribuição na geração de oportunidades de trabalho no mercado musical. “Além de
toda a atividade social, o projeto tem como principal objetivo a formação de músicos profissionais, diferente da maioria dos projetos em que se visa apenas a inclusão social”, explica.
O Projeto se divide em Academia de Musica OSINCA, Academia na Escola e Concertos Didáticos.
Na Academia na Escola os alunos da rede municipal de ensino terão aulas no turno inverso (manhã ou tarde), de segunda-feira a sexta-feira com carga horária semanal de 12h. Divididas em aulas individuais (para os mais adiantados) ou grupos de até 20 alunos, com um total máximo de vagas para 100 alunos em 2017.

Cordella comemora que o Projeto Osinca nas Escolas já recebeu a aprovação do prefeito Milton Schmitz. Agora, segundo ele, a SMEC irá selecionar algumas escolas que têm estrutura física suficiente para adequar seus espaços físicos. “Pelo menos duas salas de aula por escola serão adaptadas para abrigar os estúdios onde serão ministradas as aulas de música”, esclarece o maestro, informando que a ideia é funcionar no turno inverso ao de aula, com crianças dos 6 aos 12 anos, mas também com a possibilidade de expandir para adolescentes que tenham interesse em participar o projeto. “Nossa meta é abrir 100 vagas na Academia de Música da Osinca e outras 100 no Osinca nas Escolas”, anuncia.

O maestro considera muito positiva a parceria com o Executivo Municipal, que está disposto em investir na música orquestral. “Ainda não temos a confirmação do valor que será destinado, mas vejo como uma decisão muito inteligente”, elogia o maestro, destacando que em países de primeiro mundo, investimentos em educação e cultura são prioridade. Ele cita como exemplo a Alemanha, que investe 18,8% do PIB nessa área, enquanto que no Brasil os investimentos são de 0,6%. “Esses números mostram que não é só no futebol que o Brasil leva 7 a 1. No primeiro mundo, quando há alguma crise, eles investe mais ainda em educação e cultura, para o país não cair. Essa é a mesma linha diferenciada que a Prefeitura de Carazinho está começando a seguir”, avalia.

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas
O6-6179 Avianca 15:10:00 São Paulo domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027