Diário da Manhã

Educação

Greve nas escolas estaduais

Autor: Kleiton Vasconcellos
Greve nas escolas estaduais
Foto: Aline Prestes/DM

Desde ontem (15) a educação está em greve. A mobilização nacional pede melhorias nas condições de trabalho dos professores e também clama contra a proposta do governo de reformar a previdência. No Estado, ainda, o Cpers Sindicato chama a atenção para questões envolvendo o governo de José Ivo Sartori. Contudo, a adesão nesse período inicial deve ser baixa.

De acordo com o diretor do núcleo do Cpers Sindicato em Passo Fundo, Orlando Marcelino, a mobilização começou ontem levando em consideração as manifestações contrárias às mudanças na previdência. “Estamos na rua, é fundamental o apoio à toda manifestação. Também é o início da nossa greve, em que estamos lutando pela adoção do piso salarial, contra o congelamento e parcelamento dos salários no Rio Grande do Sul” explicou o dirigente sindical. Ainda conforme Marcelino, o movimento na quarta-feira atingiu praticamente 100% das escolas em Passo Fundo.

Porém, a partir de hoje (16), a categoria adere à greve nacional. “Vários trabalhadores vão continuar parados. Dependendo da entrada dos projetos do governo Sartori na Assembleia Legislativa, vamos aprofundar a nossa mobilização” avisou Orlando Marcelino. O prazo da greve é por tempo indeterminado, mas pode encerrar antes, dependendo da repercussão junto às autoridades.

Contudo, é baixa a adesão à greve. “Considerando o movimento em função de ontem, é importante que respeitemos todos os professores, que sabem os seus direitos e deveres. Estão lutando por uma causa justa, que são os nossos direitos trabalhistas” avaliou o coordenador da 7a Coordenadoria Regional de Educação, Santos Olavo Misturini.

Sobre a greve anunciada pelo Cpers Sindicato, Misturini tem informação de que apenas uma escola irá paralisar. “Das 123 escolas que eu coordeno, apenas uma escola estará paralisando de quarta a sexta-feira. Também nessa quarta, 84 escolas trabalharam normalmente, o que subentende-se que não vão aderir à greve” complementou. O único educandário que comunicou a paralisação é a Escola Assis Brasil, localizada no município de David Canabarro.

Aulão

Como forma de demonstrar a adesão às manifestações de ontem, professores das redes estadual e municipal se uniram no Centro de Passo Fundo. Ali foi realizado um movimento chamado de “aulão”.

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027