Diário da Manhã

Meio Ambiente

GESP recolhe e trata animais silvestres

Autor: Aline Prestes
GESP recolhe e trata animais silvestres
Foto: Divulgação GESP

No mês de fevereiro o Grupo acolheu um Tatu e uma Tartaruga, os quais receberam atendimento e foram devolvidos ao seu hábitat natural

A região de Passo Fundo possui uma fauna importante e significativa. Mesmo com os desmatamentos, poluição dos recursos hídricos, caça indiscriminada, supressão de vegetação e com poucas áreas preservadas, em Passo Fundo ainda se podem encontrar diversas espécies de animais importantes para os ambientes naturais. Preocupados em fiscalizar possíveis crimes cometidos contra a natureza o Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas (GESP), desenvolve um trabalho voluntário visando à preservação do meio ambiente.

O Diretor do GESP, Paulo Fernando Oliveira Cornélio comenta o trabalho desenvolvido pela entidade. “Atuamos no município há mais de 30 anos fiscalizando podas e arborização, maus tratos a animais silvestres, caça de animais silvestres, organizando campanhas de preservação do meio ambiente, desenvolvendo projetos de pesquisa socioeconômicas em vilas carentes da comunidade, proposição e implementação de projetos, entre outros” afirma.

Segundo Cornélio o grupo que é uma Organização Não Governamental Ecológica, sem fins lucrativos recebe constantemente denúncias de apreensão ou de localização de animais silvestres próximas às áreas urbanas. No mês de fevereiro, o GESP recebeu a "visita" de dois animais, um Tatu e uma Tartaruga. “Quando encontramos animais silvestres machucados, oferecemos tratamento, se necessário enviamos ao Hospital Veterinário da Universidade de Passo Fundo (UPF), onde ele recebe o cuidado e posteriormente é recolocado no seu hábitat natural, normalmente próximo do local onde foi encontrado” relata o diretor.

Outra preocupação do Grupo se refere à caça de animais silvestres, que é proibida no Brasil desde 1967 e é um dos principais fatores que levam à extinção de espécies ameaçadas. “Queremos ressaltar a importância das pessoas denunciarem estes tipos de crimes, quanto mais informações recebemos, mais fácil fica nosso trabalho de fiscalizar, observar e registrar o ocorrido”, afirma Paulo. As denúncias podem ser feitas anonimamente, o GESP apenas solicita o máximo de informação facilitando a fiscalização e chegada ao local.

O GESP está localizado na Avenida Brasil, 758 no Espaço Cultural Roseli Doleski Pretto. Denúncias ou dúvidas podem ser contatadas pelo telefone (54) 3601-1150, pelo e-mail gesppf@hotmail.com ou pelo Facebook www.facebook.com/gesppf.

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas
O6-6179 Avianca 15:10:00 São Paulo domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027