Diário da Manhã

Economia

Inadimplência cresce no comércio

Autor: Redação Diário da Manhã
Inadimplência cresce no comércio
Foto: Kleiton Vasconcellos/DM

Pesquisa mais recente aponta que 24% das famílias estavam com contas em atraso no mês de abril. Além disso, 59% dos lares brasileiros estão endividados

Um dos maiores temores do comércio está voltando a atormentar principalmente o comércio. Segundo dados da Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic Nacional), 24,1% das famílias brasileiras possuem dívidas ou contas em atraso – número maior do que o registrado no primeiro trimestre de 2017. Além disso, 58,9% das famílias possuem algum tipo de dívida (quitadas ou não).

O levantamento foi anunciado ontem (04) e faz apontamentos sobre os primeiros meses do ano. O percentual de famílias endividadas alcançou 58,9% em abril de 2017, uma alta de 1 ponto percentual em comparação com o mês anterior. Apesar do aumento, o indicador permanece abaixo dos 59,6% registrados no mesmo período do ano passado. Acompanhando a alta do percentual de famílias endividadas, a proporção daquelas que possuem dívidas ou contas em atraso aumentou de 23,7% em março para 24,1% em abril. Na comparação anual, o indicador também teve alta de 0,9 ponto percentual.

Já no primeiro trimestre, a inadimplência do consumidor atingiu queda de 4,4% comparado ao primeiro trimestre do ano passado. Na avaliação acumulada em 12 meses (abril de 2016 até março de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,6%. Na avaliação mensal, utilizando dados dessazonalizados, a inadimplência caiu 1,4%. Já quando comparado o resultado de março contra o mesmo mês de 2016 houve diminuição de 3,5%. Esses dados são do SCPC em todo o Brasil.

Conforme o diretor o SPCS em Passo Fundo, Valter Ceolin, o quadro deverá mudar em breve. “A retomada lenta da situação econômica vivenciada ao longo dos últimos dois anos ainda gera grande cautela para investimentos e prejudica o orçamento doméstico, contribuindo para o aumento do fluxo de inadimplência em alguns meses” disse. Com a perspectiva de pequeno crescimento da economia e renda, juros menores e inflação controlada para os próximos meses, espera-se uma retomada sustentável da demanda de crédito, expandindo a renda disponível das famílias, “Esse são fatores que colaboram para manter o atual ritmo de queda da inadimplência” completou.  

Proteção ao comércio

E como evitar que o comerciante tenha prejuízo? A resposta, conforme Ceolin, está na análise do crédito. “Realizar uma análise de crédito em todas as vendas à prazo, consultar sempre o SCPC e ter uma política de crédito estruturada. Além disso, o lojista deve estar sempre atento ao comportamento do consumidor. Entre as formas de pagamento que causam restrições, o crediário/cartão de loja se configura como uma das formas que menos gera inadimplência”.

E o consumidor?

Para Valter Ceolin, um fator é determinante para o endividamento – e, portanto, deve ser evitado: o descontrole financeiro. “O descontrole ganha destaque entre os principais motivos que causam a inadimplência. Para evitar ser um inadimplente o consumidor precisa ter planejamento financeiro: colocar no papel o que recebe, o que gasta e o que sobra, sem esquecer de que imprevistos podem acontecer durante o mês” expõe. Entre os demais motivos que levam à inadimplência estão empréstimo de nome a terceiros; esquecimento de pagar; contração de despesas extras com saúde e/ou educação; despesas extras com pagamento de outros produtos/serviços e atraso no recebimento de salário ou aposentadoria.

Vilões do lar

Segundo o Peic nacional, para 76,6% das famílias que possuem dívidas, o cartão de crédito permanece como a principal forma de endividamento, seguido de carnês (15,3%) e financiamento de carro (10,6%).

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas
O6-6179 Avianca 15:10:00 São Paulo domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027