Diário da Manhã

Agro Diário

Chuvas geram alerta no campo

Autor: Redação Diário da Manhã
Chuvas geram alerta no campo
Foto: Rodolfo Sgorla da Silva/DM

Precipitações causaram erosão em algumas áreas rurais e por isso alguns produtores estão se prevenindo

Enquanto pensam na melhor forma de comercializar a colheita de verão e também planejam a safra de inverno, muitos produtores rurais de Carazinho precisam dedicar atenção a outro fator no campo: a erosão.

O fenômeno causa perda de nutrientes no solo, que são importantes para o desenvolvimento das culturas que ali serão implantadas. “Temos bastante erosão nas áreas rurais de nosso município. A Emater recebeu recentemente vários chamados para fazer terraceamento nas propriedades e uma grande quantidade de produtores rurais está voltando a aderir a esse procedimento”, revela Leandro Nicolacópolus Soares, extensionista da Emater.

Alécio Sella, engenheiro agrônomo e representante da Potencial Agro Consultoria, também percebe uma alta incidência de erosão em lavouras de Carazinho. “Tivemos chuvas em grande quantidade recentemente e elas acabaram resultando em muitas erosões em nossa área rural. Os danos foram significativos em alguns locais”, avalia.

Na tarde de quarta-feira (17), Sella esteve envolvido na implantação de curvas de nível em uma área rural. “Um pedaço dessa lavoura teve erosão e com isso alguns danos. Estamos fazendo curvas de nível nesse outro espaço da mesma área como forma de prevenir uma eventual erosão e futuras perdas. Inclusive, essa é uma prática que muitos produtores vão voltar a adotar”, explica o engenheiro agrônomo.

O impacto da chuva

Os especialistas da área rural relatam que o relevo da região também é um dos fatores que contribui para a erosão. “O principal fator que ocasiona a erosão são as fortes chuvas, que acabam não infiltrando no solo. Com o relevo que temos na região, a água corre pelo solo e, sem terraço para segurar e diminuir a velocidade, leva a terra e adubo da lavoura”, pontua Soares.

Conforme a Emater, nos últimos dois anos algumas lavouras de Carazinho vêm enfrentando o problema da erosão. “Recentemente, tivemos 200 milímetros de chuvas em poucos dias, o que é um índice muito alto. Agora, os produtores estão tentando minimizar os danos”, relata Soares.

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027