Diário da Manhã

Meio Ambiente

Sol deve voltar amanhã

Autor: Aline Prestes
Sol deve voltar amanhã
Foto: Aline Prestes/DM

A previsão é o sol volte entre nuvens apenas mais próximo do fim de semana

Mesmo com a expectativa que sol volte brilhar na região, a previsão é que apenas na sexta-feira haverá uma trégua da chuva, quando o céu clareia com nuvens. Antes disso, a quinta-feira segue como os últimos dias com chuva fraca, instabilidade e dia cinza.

De acordo com o observador meteorológico da Embrapa Trigo, Ivegndonei Sampaio ainda existe possibilidade de rajadas de vento, trovoadas e instabilidade. “Apesar do mau tempo, a temperatura deve seguir entre 11ºC para mínima e 16ºC a máxima, pelo menos até sábado quando o sol ganha um pouco mais força” conta ele.

No sábado o dia deve seguir entre nuvens, mas com o sol um pouco mais forte que a sexta-feira segundo Sampaio. “No domingo voltam as áreas de instabilidade que trazem chuva para a região em função da elevação nas temperaturas. Chuva que possivelmente se estende até a quarta-feira (7) da próxima semana” salienta o observador.

O frio que era esperado não deve chegar no fim de semana, quando a temperatura ainda deve se manter com mínima em 8ºC. “Sem frio extremo, também não temos previsão para que caia geada na região. Para acontecer isso é necessário é necessário ter ausência de nuvens e brisa, com temperatura mínima em 5ºC” fala ele.

Comparado aos registros dos últimos anos, o mês de maio foi atípico conforme Ivegndonei, no mesmo período de 2016 havia chovido 73 milímetros e as temperaturas foram mais baixas. “Em 2017, não tivemos mais de um dia com temperaturas do veranico de maio, fazendo as temperaturas máximas ficarem abaixo da média. Em compensação as mínimas, mesmo de manhã que era esperado ser mais frio, não houve registros de temperaturas menores de 7ºC” pontua ele.

Alerta Climático

O Centro de Operações Integrado (COI) a Rio Grande Energia (RGE) afirma que o sexto mês do ano deverá ter dois longos períodos chuvosos. Com base em estudo realizado, não deve ocorrer a formação do fenômeno El Niño até o final deste ano, em razão disso os modelos oceânicos, a probabilidade para os próximos meses é da manutenção de um cenário de neutralidade, o que poderá provocar, para junho e julho, um volume acentuado de chuva.

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027