Diário da Manhã

Economia

Festas juninas aquecem comércio

Autor: Kleiton Vasconcellos
Festas juninas aquecem comércio
Foto: Kleiton Vasconcellos/DM

Estimativa de comerciantes é que as vendas sejam mais de 10% superiores ao volume registrado em 2016

O período entre junho e julho é de umas das comemorações mais tradicionais do Brasil. As festas juninas mobilizam comunidades e, principalmente nas escolas, são motivo de alegria para as crianças. Montar um visual inspirado em personagens caipiras não é difícil – há diversas opções no comércio. E, segundo comerciantes de Passo Fundo, o volume de vendas em 2017 é satisfatório.

Basta olhar nas ruas: não são poucas as lojas que oferecem os mais variados produtos alusivos às festas. Para meninos (ou mesmo adultos) é possível adquirir camisa xadrez, chapéu de palha, gravata, colete, casaco com os usuais remendos, bigodes e suspensórios. Para as meninas, as clientes pedem vestido, tiara, chapéu e laços. Tudo para ficar de acordo com o motivo do festejo.

Tal variedade é um estímulo aos consumidores. Segundo a lojista Edilene Rech Paiva, as vendas em 2017 são satisfatórias. “As vendas agora estão muito boas. Estimo que houve um aumento de 11% nas vendas em relação ao ano passado” disse. A comercialização de alguns itens é tão alta que já houve reposição no estoque e estima-se que os mesmos fiquem vazios antes do prazo esperado – que é o dia 10 de julho. No momento, os produtos mais vendidos são camisas xadrez, chapéu de palha e gravata para os meninos, enquanto as meninas adquirem vestidos e enfeites para a cabeça.

Valores

Há uma grande diferença entre os valores mínimo e máximo cobrados pelos produtos. Mas, em média, uma camisa xadrez custa R$ 35, chapéu de palha R$ 7, gravata R$ 20, colete R$ 35, casaco R$ 60, suspensório R$ 25 e bigode R$ 2,30. No vestiário feminino, os vestidos variam entre R$ 39 e R$ 280, tiara R$ 32, chapéu de R$ 9 a R$ 35 e laços R$ 16.

Aumento nas guloseimas

Já outro ingrediente tradicional nas festas juninas teve um aumento no preço. É a alimentação. Segundo a Fundação Getúlio Vargas, a cesta de produtos de festa junina teve aumento de custo de 2,7% entre 2016 e 2017.  Entre os itens com maiores aumentos de preço estão o fubá de milho (17,83%), a farinha de mandioca (16,81%), o bolo pronto (14,13%), milho de pipoca (13,43%), queijo minas (13,34%) e queijo coalho (11,90%). Dos 26 itens pesquisados, apenas cinco tiveram queda nos preços entre os festejos juninos de 2016 e as festas deste ano: a batata inglesa (-45,63%), couve (-7,52%), mandioca (-5,90%), farinha de trigo (-4,47%) e o óleo de soja (-1,83%).

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027