Diário da Manhã

Saúde

Visão em foco

Autor: Aline Prestes
Visão em foco
Foto: Arquivo/DM

Dia Mundial da Saúde Ocular busca alertar sobre cuidados que podem prevenir e evitar desenvolvimento de doenças

No dia 10 de julho é comemorado o Dia Mundial da Saúde Ocular, data que busca erradicar as causas da cegueira evitável mostrando à população os benefícios das medidas preventivas. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), de cada dez casos de perda de visão, oito poderiam ser evitados se detectados precocemente com visitas periódicas ao oftalmologista.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no Brasil 6,5 milhões de pessoas tem deficiência visual, já no mundo, de acordo com OMS, cerca de 40 a 45 milhões de pessoas são cegas e outros 135 milhões sofrem limitações severas de visão. Desse total, a OMS afirma que 80% seriam evitáveis caso houvesse um número maior de ações efetivas de prevenção ou tratamento.

Conforme explica a oftalmologista do Hospital de Olhos Dyógenes A. Martins Pinto, Luciana Reginato, a cegueira é dividida em causas reversíveis e irreversíveis, se o paciente já tem um histórico familiar ou uma comorbidade deverá ser realizado acompanhamento específico com revisões a cada seis meses. “Entre as principais causas da cegueira estão a catarata, glaucoma, degeneração macular relacionada à idade e retinopatia diabética e retinopatia hipertensa. As quais são responsáveis por 75% da cegueira no mundo segundo a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SOB)”, fala ela.

Nas crianças, Luciana explica que a cegueira geralmente é causada por doenças congênitas, infecções maternas e a retinopatia da prematuridade o que depende muitas vezes do acompanhamento pré-natal da mãe com o ginecologista o qual, deve observar qualquer problema durante a gestação. “Recomendamos que a primeira consulta de uma criança aconteça entre dois e três anos. Caso ela apresente algum problema como erro refrativo muito grande ou cataratas, podemos tratar antes que o sistema visual esteja completamente formado” comenta ela.

Em relação a alimentação adequada para auxiliar na saúde ocular a oftalmologista destaca sobre a importância em comer alimentos ricos em proteínas, minerais e antioxidantes. “Quando se fala em alimento para melhorar saúde dos olhos, muitas pessoas lembram-se da cenoura, mas o ideal é investir em uma alimentação saudável, rica em frutas, verduras e legumes. Todas as vitaminas e minerais são absorvidos pelos neurônios e pelas células encontradas na retina” aponta Luciana.

Já os fatores de risco que podem atrapalhar a boa qualidade da visão estão incluídos o uso abusivo de álcool e cigarro, maus hábitos alimentares, além do uso indevido de lentes de contato.  Muitas vezes estas são compradas em lugares mais baratos, mas sem a devida prescrição médica acarretando em úlceras de córneas, infecções, entre outros problemas mais sérios. “Comprar lentes de contato sem a supervisão médica pode ser um erro fatal para a boa qualidade da saúde ocular. Diversos cuidados devem ser observados quando se decide optar pelo uso das lentes, como adaptação do olho, curvatura e oxigenação adequada e tempo correto de descarte. O que apenas um profissional especializado pode garantir” explica a oftalmologista.

Outro fator que deve ser levado em conta é a importância do uso de óculos de sol que filtram os raios ultravioleta, o qual prejudica as células da retina e do cristalino. “No interior dos olhos, existe uma camada pigmentada como um tapete escuro que desgasta com a contínua exposição da radiação, podendo levar a doenças geralmente na terceira idade. Tais doenças talvez poderiam ser evitadas com uma diminuição da exposição pelo uso de lentes escuras” salienta Luciana.

Ainda que todos saibam o uso excessivo diariamente de computadores, celulares e tabletes impede que os olhos descansem, sobrecarregando diariamente a visão. Devido a isso, tem surgido muito erros refracionais (graus), trazendo grandes desconfortos. “É necessário tanto para adultos, como para crianças um intervalo de descanso dessas telas. As crianças já forçam diariamente a visão na escola, por isso, é importante um intervalo, caminhar, fazer uma atividade física em que não force tanto a visão próxima” exemplifica a especialista.

A realização de exames de rotina no oftalmologista pode fazer toda diferença para o diagnóstico precoce de um possível problema ocular. “Mesmo que o paciente não tenha queixas é necessário que ele procure um oftalmologista para garantir a qualidade da saúde de seus olhos. Na consulta podemos verificar se o paciente tem escavações glaucomatosas, diabetes, hipertensão. Além de ver se existe necessidade de uso de óculos de grau, cataratas e outras doenças dos olhos” finaliza a oftalmologista do Hospital de Olhos Dyógenes A. Martins Pinto.

  • Foto Divulgação

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027