Diário da Manhã

Política

Nova campanha por antiga demanda

Autor: Édson Coltz
Nova campanha por antiga demanda
Foto: Édson Coltz/DM

Ampla mobilização, envolvendo representações políticas, empresariais e instituições educacionais, tenta destravar o processo burocrático para a modernização do aeroporto regional

As manchetes já foram inúmeras ao longo de anos recentes, noticiando desde a perspectiva de reforma, a garantia de recursos (por mais de uma vez), reuniões em Porto Alegre e em Brasília com deputados, secretários e ministros, mas as tão aguardadas obras de melhorias estruturais no  Aeroporto Lauro Kortz não se tornam realidade. O número de voos aumentou, assim como o de passageiros, também o de empresas operando no local - que voltou a reduzir por deficiências na pista – dando embasamento a um discurso unânime, de que a reforma é indispensável ao desenvolvimento regional, não apenas da cidade.

Agora, mais uma vez o tema pauta uma matéria, pois há nova tentativa de acelerar o trâmite que culmine com o início dos trabalhos. Na sexta-feira (06), ocorreu o lançamento da campanha “Juntos pela Ampliação do Aeroporto”, com a ideia de intensificar a mobilização coordenada pelas entidades locais. Ainda no mês de agosto, o grupo pactuou um trabalho conjunto e, como resultado, foi elaborada uma carta aberta aos governos federal e estadual. Ficaram responsáveis pela pauta junto ao governo do Estado os deputados estaduais Juliano Roso (PCdoB) e Gilberto Capoani (PMDB) e, junto ao governo federal, o deputado federal Alceu Moreira (PMDB), que palestrou no evento de lançamento da campanha, na Casa do Bosque, em Passo Fundo.

Em meio à crise econômica, relacionou que vários projetos semelhantes foram deixados de lado. “Na contingência de termos de escolher, optamos pelo aeroporto de Passo Fundo para investir, pela estratégia de desenvolvimento daqui. Daqui a nove dias deve sair a avaliação de toda a documentação que o governo do Estado entregou e está sendo analisada pela Secretaria Nacional de Aviação (SAC). Temos certeza que a análise será positiva. Depois disso, vai para a licitação”, projetou o deputado.

O presidente da Frente Parlamentar criada na Câmara de Vereadores para acompanhar a questão, Paulo Neckle (PMDB), também demonstra crença nesse prazo citado pelo deputado. “Deve ser marcado um dia para que o termo de compromisso seja assinado, em Passo Fundo”, registrou. A longa espera foi ressaltada pelo prefeito, Luciano Azevedo (PSB), em seu discurso. “Esperamos as obras do aeroporto há muitos anos. Recentemente, chegamos à conclusão de que era preciso fazer uma ação organizada”, justificou, em referência ao envolvimento dos diferentes agentes.

O Aeroporto Lauro Kortz, o terceiro do estado e o segundo do interior em termos de movimentação de passageiros, já recebeu cerca de 700 mil pessoas desde 2013.

Mobilização multissetorial

Formam a comissão a Prefeitura, Câmara de Vereadores, deputados estaduais, Universidade de Passo Fundo (UPF), IMED, Acisa, CDL, Sindilojas, Sinduscon e Sindicato Rural. Conforme entende o presidente da CDL, Adriano Sonda, é importantíssima a união das lideranças municipais e estaduais para que Passo Fundo tenha o aeroporto que merece: mais amplo, confortável e moderno para atender as demandas da cidade, da região e de todo o Estado. “Toda a diretoria da CDL está engajada para representar as 1,4 mil empresas associadas no apoio aos movimentos municipais, estaduais e federais em prol da reforma e ampliação do aeroporto Lauro Kortz. É evidente a importância destes movimentos e de toda a união dos poderes públicos, das instituições e das entidades para que o projeto saia do papel e contribuía para o desenvolvimento”.

Na mesma linha de pensamento, o prefeito de Marau, Iura Kurtz (PMDB), comentou sobre a relevância extensiva à outras cidades dessa estrutura. “Temos muito interesse na efetivação dessa obra, justamente porque não é mais possível pensar o município isoladamente. Regionalmente ter uma estrutura moderna que atenda nossas cidades é, sem dúvidas, um passo importantíssimo para transformar toda a nossa região”.

Histórico

Conforme enaltecido na reunião, o primeiro aeroporto da região sul do Brasil a entregar todos os documentos e cumprir todas as fases previstas no Programa de Investimentos em Logística (PIL), para se habilitar a ter condições de fazer o projeto, foi o Aeroporto Lauro Kortz.

Entre os requisitos cumpridos, está o pré-projeto, projeto de viabilidade, licença ambiental e uma série de outras informações. A partir de agora, a espera é de que os recursos federais sejam destinados via processo licitatório. A ideia é realizar ainda em 2017 a escolha da empresa que executará a obra por meio do Governo do Estado, que foi delegado pelo Governo Federal para executar os trâmites.

O projeto - ao custo de R$ 44,5 milhões- abrange a construção de novo terminal de passageiros com 2,1 mil metros quadrados, esteira de carregamento de bagagens, instalação de equipamentos para melhorar os pousos e decolagens das aeronaves (especialmente em dias de neblina ou chuva), ampliação das cabeceiras, novo pátio de aeronaves, pista de taxiamento para até seis aeronaves e capacidade de atendimento de até 1 milhão de passageiros por ano.

“Daqui a nove dias deve sair a avaliação de toda a documentação que o governo do Estado entregou e está sendo analisada pela Secretaria Nacional de Aviação (SAC). Temos certeza que a análise será positiva”, Alceu Moreira (PMDB).

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027