Diário da Manhã

Política

Carazinhenses são absolvidos no TJ

Autor: Redação Carazinho
Carazinhenses são absolvidos no TJ
Foto: DM/Rodolfo Sgorla da Silva

A Quarta Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJ) do Rio Grande do Sul julgou improcedente a ação penal movida contra Adair Bonaldi Flores, Claudir Cardozo e Marcos Soares. Os carazinhenses haviam sido condenados em primeira instância.

Com a decisão do TJ, os três foram absolvidos da acusação de contratar uma empresa sem licitação para o corte de árvores no Parque Municipal, fato ocorrido durante a gestão de Renato Süss. “Aquela situação nos chateou demais e me afastei da vida pública. Hoje, o sentimento é de alívio. No meu entendimento aconteceu uma injustiça, mas houve o reparo por parte do TJ”, afirma Bonaldi, que na época era secretário municipal de Obras.

Cardozo e Soares também ocupavam cargos na administração municipal daquela época. Cardozo era diretor do Departamento de Meio Ambiente (Dema) e Soares dirigia o Departamento de Habitação.

O entendimento do TJ foi de que “a dispensa de licitação ocorreu para fins de corte de gastos, tendo os réus, em conjunto com o prefeito, entendido que a abertura do processo licitatório se tornaria custosa ao Município, optando por contratar diretamente com a Madeireira Herter. A realçar a ausência do dolo específico, os agentes públicos acertaram o pagamento com a madeireira responsável através de permuta, situação que se revelou, de efeito, mas econômica ao ente público”, diz a sentença.

Cardozo também comentou o assunto. “Foi algo impactante pessoal e profissionalmente, mas hoje estamos inocentados. A forma como tudo foi feito poupou o Município de gastos e tudo foi acompanhado por mim e pelos técnicos do Dema. As madeiras foram usadas na reforma de pontes e de casas de pessoas carentes”, afirma.

De acordo com Soares, 15 famílias foram beneficiadas. “Tudo começou quando duas famílias tiveram suas casas queimadas. Essas pessoas estavam morando em lonas com crianças. Eles pediram ajuda ao Município. Com as madeiras, acabamos beneficiando 15 famílias carentes que tinham dificuldades em suas moradias”, recorda. Com a ausência de dolo, restou revertida a sentença e os três foram absolvidos.

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027