Diário da Manhã

Polícia

Artur Orling morre em confronto com a BM

Autor: Redação Carazinho
Artur Orling morre em confronto com a BM
Divulgação Polícia

Natural de Espumoso, mas morador de Carazinho, Artur Varcilei Orling era considerado um criminoso de alta periculosidade pelas forças policiais gaúchas. Em 2008, ele matou uma menina de 15 anos, que estava grávida, e seria sua namorada. O corpo foi encontrado na BR 386 em Santo Antônio do Planalto.

No mesmo ano, ele sequestrou uma empresária e a manteve em cárcere privado em um motel em Carazinho. Esses são alguns dos crimes que constam na ficha do homem de 35 anos, que acabou morto em confronto com a Brigada Militar (BM) na segunda-feira (9).

O fato aconteceu em Barra do Ribeiro, município próximo a Porto Alegre. Uma viatura da Brigada Militar (BM), com dois policiais, fazia patrulhamento na cidade quando foi informada de um assalto a um estabelecimento comercial, no qual os suspeitos estariam fortemente armados.

O veículo descrito pela denúncia repassada pelo telefone 190 foi avistado em alta velocidade pelos militares, que iniciaram a perseguição em direção ao interior de Barra do Ribeiro. “Eram cinco elementos fortemente armados. Em determinado momento, o motorista perdeu o controle da direção e o carro saiu da pista. Pelas circunstâncias, os policiais sabiam que haveria um confronto, mas nós nos surpreendemos com o armamento usado por eles”, explica o tenente Gabriel Vasco Palhares, comandante da BM em Barra do Ribeiro.

De acordo com a polícia, Orling usava uma arma adaptada. “Ele portava uma pistola glock com tambor para rajada. A arma dele travou e isso deu mais chances aos policiais no confronto. O Artur era um elemento de alta periculosidade. Além dessa pistola, apreendemos três pistolas, uma calibre 12, coletes à prova de balas e muitas munições e carregadores. Além de um veículo mais potente do que a polícia, os cinco elementos tinham um poder de fogo muito maior do que os dois policiais. Foi heróica a ação dos dois brigadianos, com base na técnica e na coragem”, cita o tenente.

Além de ser considerado um elemento de alta periculosidade, Orling havia fugido do presídio de Passo Fundo em dezembro do ano passado. Outros dois integrantes da quadrilha envolvida no confronto em Barra do Ribeiro foram presos pela BM e dois conseguiram fugir.

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027