Diário da Manhã

Geral

Hospital aguarda abertura de licitação

Autor: Matheus Moraes
Hospital aguarda abertura de licitação
Foto: Matheus Moraes/DM

Projeto de ampliação e reforma, que recebe captação de recursos desde 2013, foi aprovado pela Caixa Econômica Federal. Em processo pré-licitatório, município conta com R$ 6,5 mi de verbas asseguradas para recuperação

O município está próximo de abrir licitação para a reforma e ampliação do Hospital Municipal Beneficente Dr. César Santos. Após aprovação do setor de engenharia da Caixa Econômica Federal, o projeto aguarda os procedimentos pré-licitatórios pela Coordenadoria de Licitação e Compras (CLC) para abrir seleção de empresa responsável pela obra. A instituição já dispõe de R$ 6,5 mi, assegurados para a recuperação, oriundas de emendas parlamentares e do governo federal via Ministério da Saúde. Desde a última semana, aproximadamente R$ 400 mil foram liberados para a reforma do Hospital.

A expectativa é de que a licitação seja aberta nas próximas semanas, de acordo com o secretário municipal de Saúde, Luiz Artur Rosa Filho. “Estamos bem próximos de ter uma data. Hoje não há mais nenhum obstáculo externo à Prefeitura. Agora se trabalha na preparação da licitação. Esses mais de R$ 6 mi vão nos permitir começar a reforma do Hospital, que está às vésperas de acontecer”, declara. O projeto de ampliação e reforma do Hospital recebe captação de recursos para a reforma desde 2013. No entanto, questões burocráticas e aprovações de projeto atrasaram o período de abertura de licitação.

Algumas das emendas parlamentares recebidas são divididas para obras e equipamentos. Segundo o secretário, os próximos desafios são juntar os somatórios de valores de todo o projeto – são R$ 20 milhões para execução completa. “Nós dependíamos da Caixa, mas agora foi liberado. Agora é a parte da pré-licitação, que a CLC lança. Quando publicada, temos 90 dias em estágio pré-obra. O que ainda existe é o fator econômico. Temos uma quantia captada e ainda tem uma parcela para conseguir”, completa o secretário municipal de Saúde. “O próximo passo é publicar a licitação”, acrescenta Luiz Artur. A quantia de R$ 6,5 mi captada será utilizada para a primeira etapa da obra, que irá atingir quase quatro mil metros quadrados do Hospital, que dispõe de cerca de cinco mil metros construídos.

Projeto

A primeira fase do projeto ampliará uma área de 1.900m². Além disso, cerca de 550 m² serão reformados nessa etapa. O número de leitos, que hoje é de 35 disponíveis, aumentará para 50 extras na primeira etapa. Ao todo, serão 120 leitos novos. Atualmente considerado de baixa complexidade, visto que serviços mais graves não são realizados no local, o Hospital passará a ser de alta complexidade após conclusão do projeto. A primeira fase do projeto ampliará uma área de 1.900m²

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027