Diário da Manhã

Saúde

Tempo de redobrar cuidados com a rinite alérgica

Autor: Daniel Rohrig
Tempo de redobrar cuidados com a rinite alérgica
Foto: Divulgação

Combinação entre umidade do ar baixa e altas temperaturas pode agravar problemas respiratórios

Espirros, coceira, olhos lacrimejantes e outros sintomas similares são comuns nesta época do ano, principalmente para quem sofre com a rinite alérgica. Os sintomas podem ser controlados com tratamento e também através da prevenção aos fatores que desencadeiam as crises alérgicas. “A primavera pode agravar as doenças respiratórias alérgicas, como rinite, faringite e asma. Nesta época do ano, devido ao pólen que se desprende das flores é comum que muitas pessoas apresentem coriza, espirros, dificuldade para respirar, coceira no nariz e olhos e sintomas de resfriado, que caracterizam muitas vezes uma alergia”, esclarece a médica otorrinolaringologista do Hospital da Cidade, Thais Marques da Costa.

A especialista destaca que a população deve ficar atenta nesta época do ano para evitar o contato com as substâncias alérgenas. “A rinite alérgica é a forma mais comum de rinite, uma reação imunológica causada pelo contato de agentes alérgenos com o revestimento do nariz. A atenção com as crianças deve ser redobrada por serem mais sensíveis” orienta.

Os cuidados devem ser intensificados em ambientes que favoreçam o surgimento da rinite, seja em casa ou no trabalho. “É indicado sempre lavar roupas e lençóis com sabão neutro, eliminar tapetes, carpetes, cortinas de pano e bichos de pelúcia, manter os ambientes arejados e fazer boa higienização nasal com soluções salinas. Fazer uma avaliação antecipada com o seu otorrinolaringologista pode ajudar a prevenir as crises” explica Thais.

Principais causas

O indivíduo alérgico é aquele cujo sistema de defesa do organismo reage despropositadamente (em excesso) a substâncias que habitualmente são inofensivas. Ou seja, quando se é alérgico, por exemplo, a substâncias naturais que existem no ar que respiramos, a mucosa do nariz, dos seios perinasais, das pálpebras e dos olhos, fica irritada e inflamada. Este fenômeno é consequência da liberação de uma substância por parte do sistema de defesa do organismo chamada histamina.

São múltiplas as causas de rinite alérgica e o mesmo indivíduo pode ser sensível a mais do que uma substância. No entanto, os agentes mais frequentes são o pólen das plantas, fungos, os ácaros, o pelo de animais de estimação, o fumo do tabaco e a poeira.

Convívio com a rinite

A forma mais eficaz de tratar a rinite alérgica é preveni-la. Porém, há medicamentos que podem ser prescritos pelo médico sempre que o afastamento dos alergênios é pouco prático ou eficaz. Os medicamentos mais utilizados são os anti-histamínicos, uma vez que bloqueiam os efeitos da histamina e são importantes no alívio dos sintomas. Também são indicados os corticoides para diminuir a inflamação. Há também a imunoterapia ou dessensibilização usada em pacientes, que apesar de um tratamento aplicado, podem apresentar resistência.

Agentes mais frequentes da rinite alérgica:

- Pólen das plantas – é o alergênico mais comum (o pólen das plantas com flor geralmente não provoca alergia). As pessoas apresentam os sintomas no início da primavera, agravando-se pela manhã e em dias ventosos. Em dias de chuva, os sintomas aliviam;

- Fungos– pequenos fungos existentes no ar e que crescem particularmente no Outono. Os indivíduos mencionam agravamento dos sintomas s à noite, em ambientes úmidos;

- Ácaros – são microrganismos existentes no pó da casa. As pessoas apresentam os sintomas quando limpam a casa, arrumam a cama, usam aquecimentos e se deitam na cama ou locais acolchoados;

- Partículas de peles de animais - pelo e penas de animais de estimação;

- Fumo de tabaco;

- Poeira - variedade de substâncias como fibras de tecidos, partículas e produtos químicos de limpeza.

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027