Saúde

HCC registra 872 nascimentos em 2017

Autor: Alessandro Tavares
HCC registra 872 nascimentos em 2017
Arquivo DM

Dentre os nascidos 447 são meninos e 425 meninas

No decorrer dos 365 dias que se passaram em 2017 os profissionais do HCC fizeram o parto de 872 crianças. E a afirmação popular de que no mundo há mais mulheres do que homens, não é uma verdade que se aplica em Carazinho, pelo menos não aos nascidos em 2017. No ano passado entre as crianças nascidas no HCC, 447 eram meninos e 425 meninas. A média diária de nascimentos na casa de saúde de 2,38 por dia.

No último mês do  ano, dezembro, foram contabilizados 57 nascimentos. Conforme o Hospital, foram realizados  663 partos cesárea e 207 parto normal em 2017, assim os partos cesárea correspondem 76,20% dos nascimentos.   

HCC pretende ampliar a quantidade de parto normal em 2018

A gerente de enfermagem do HCC, Aline Da Avila, comenta que a opção entre cesárea e parto normal se da pelas condições clinicas da mulher e do bebê, porém o parto normal, em tese é o mais  indicado. “Sempre o parto normal é a primeira  indicação pois é uma coisa natural. Há menos problemas de infecção, na grande maioria das vezes o bebê nasce com melhores condições  fisiológicas e respiratórias, salvo algum problema. A cesárea é indicada quando há critérios de risco para mãe ou bebê como nascimento pré-maturo, pouca dilatação e outros, mas são critérios clínicos”, comenta a gerente.

De acordo com a enfermeira, a recuperação da mãe de parto normal é melhor e mais rápida do que no caso de cesárea. Aline explica que no caso de parto normal geralmente a família é liberada do hospital 24 horas após o parto, enquanto no caso de cirurgia o tempo mínimo de internação é de dois dias e a mulher está exposta aos riscos de todo e qualquer procedimento cirúrgico. Ainda as condições de amamentação no caso de parto normal é melhor, pois segundo a enfermeira, o leite materno “desce” mais rápido, além disto, após o procedimento, no caso de parto normal geralmente não há dores ao sentar ou caminhar, situações comuns no caso de cesárea. “Infelizmente existe uma cultura do medo, de que no parto normal se tem muita dor, porém nos últimos anos tem crescido a difusão sobre o parto humanizado. No hospital neste ano de 2018 temos uma propostas de cursos de gestante, com o eixo materno infantil, nossos profissionais estão sendo capacitados para trabalhar cada vez melhor com o uso de bola, da banheira do parto na água, com o uso do chuveiro,massagem e procedimentos que facilitam e diminuem a dor”, conta a enfermeira.

A gerente comenta que o tempo de trabalho de parto varia de mulher para mulher, mas há situações que a preparação pode levar um dia inteiro até que haja condições de dilatação para o parto, enquanto a cesárea tem tempo atrelado aos procedimentos pré operatórios, anestesia e intervenção. Embora haja variação de tempo, a enfermeira destaca que, se pensando em sistema de saúde, o parto normal é mais barato, pois além de menos tempo de internação, a recuperação da paciente é mais rápida e tanto mãe quando o bebê, salvas as acessões, quase não usam de medicação.

 

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027