Agro Diário

Falta de chuva já prejudica culturas de verão

Autor: Rodolfo Sgorla da Silva
Falta de chuva já prejudica culturas de verão
Arquivo DM

De acordo com a Emater, precipitação abaixo do ideal causou perdas irreversíveis em lavouras de milho na região Norte do estado}

As temperaturas elevadas e as poucas chuvas registradas entre dezembro e o começo deste ano não têm sido positivas para a agricultura. Esta é a avaliação da Emater Regional de Passo Fundo, que vê com preocupação o desenvolvimento da safra de verão 2017/2018.

O deficit hídrico é elevado na região. “Em dezembro, faltaram em torno de 80 milímetros de chuvas para se atingir a precipitação ideal. Em janeiro, já temos um acumulado de 30 mm de falta de chuvas. Ou seja, deveria ter chovido 110 mm a mais para atender principalmente as necessidades do milho e também da soja”, explica Claudio Dóro, engenheiro agrônomo da Emater Regional de Passo Fundo.

Na região Norte do estado, considerando os 42 municípios da regional de Passo Fundo da Emater, 50 mil hectares foram plantados com milho e 610 mil hectares receberam o plantio de soja. “O milho teve uma quebra bem significativa por causa da falta de chuvas. Em muitas áreas da nossa região, os danos são irreversíveis”, revela Dóro.

Na avaliação da Emater, a soja ainda mantém um padrão uniforme nas lavouras da região, porém o deficit hídrico começa a preocupar os produtores. Além disso, as chuvas registradas são mal distribuídas.

Dóro relata que a oleaginosa precisará de chuvas nos próximos períodos. “A soja está ingressando em sua fase crítica, que é o período de floração, formação de vagem e enchimento de grão. Com chuvas abaixo da média, temperaturas que chegam perto dos 30°C e com os dias tendo de 10 a 12 horas de sol, há uma evaporação muito grande e daqui para a frente a soja vai precisar do dobro de água que precisaria”, explica o agrônomo.

Possibilidade de recuperação

Ao contrário do milho, Dóro acredita que a soja ainda consegue se recuperar. “Há previsões de chuvas daqui para a frente. Se isso acontecer na intensidade ideal, a soja se recupera bem e poderemos ter uma boa safra. Estimávamos que a cultura teria uma produtividade de 60 sacas por hectare. Hoje já estimamos que esse rendimento possa cair para 55 sacas por hectare. Está tudo em aberto no momento. Se o clima normalizar, poderemos ter uma boa safra, mas a preocupação existe”, analisa.

 

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027