Polícia

Drogas, armas e celulares são apreendidos no presídio de Carazinho

Autor: Rodolfo Sgorla da Silva
Drogas, armas e celulares são apreendidos no presídio de Carazinho
Foto: Divulgação Susepe

Operação Pente Fino foi realizada com participação do BOE e do Grupo de Ações Especiais da Susepe

O Presídio Estadual de Carazinho (Pecar) foi alvo de uma grande operação, cujo objetivo era apreender materiais ilícitos. Todas as celas das três galerias da casa prisional foram averiguadas.

A ação, realizada na manhã desta terça-feira (17), contou a participação de agentes da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), Batalhão de Operações Especiais (BOE) da Brigada Militar (BM) e do Grupo de Ações Especiais da Susepe (Gaes). Cerca de 90 servidores participaram da atividade.

A Operação Pente Fino iniciou por volta das 7h40min. “Materiais ilícitos não deveriam estar nas celas, mas ações como essa servem para recolher esses objetos. Instituições como BM e Susepe se unem para dar uma resposta diante de tudo que vem acontecendo no sistema penitenciário do estado”, relata Márcia Daumling, diretora do Pecar.

Foram apreendidos 39 celulares, 35 facas artesanais, 15 facas, duas cerras, três chaves de fenda, duas balanças de precisão, três buchinhas de material semelhante à maconha pesando 0,6 gramas, uma trouxinha de material semelhante à cocaína pesando 6,2 gramas, 17 baterias para celular e 41 carregadores de celular.

Atualmente, 312 apenados estão recolhidos no Pecar, sendo que a capacidade da casa prisional é para 132 detentos. “Cada vez aumenta o índice de superlotação do Pecar. O número de materiais apreendidos nesta terça-feira está dentro da média”, analisa Márcia.

Susepe e IGP ainda não se pronunciaram sobre incêndio no semiaberto

O Instituto Penal de Carazinho (IPC), prédio anexo ao Pecar e que abrigava apenados dos regimes aberto e semiaberto, foi alvo de um incêndio no final de março. “Aguardamos o laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP) sobre o incêndio, para saber se vai haver uma reforma ou se será necessária uma nova construção. Também não recebemos nada de oficial da Susepe sobre o fato”, comenta Márcia.

Dos 108 apenados que estavam no local, nenhum recebeu prisão domiciliar, sendo que uma parte foi transferida para outras casas prisionais, recolhidos no regime fechado ou devolvidos para seus presídios de origem.

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027