Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Geral

Cesta Básica e inflação podem voltar a subir

Autor: Caetano Bortolini Barreto
Cesta Básica e inflação podem voltar a subir
Arte: Caetano Barreto / DM

Em queda constante nos últimos meses, indicadores econômicos estão atualmente estáveis, mas especialista prevê que os preços podem ter novos aumentos

Depois de viver um período de declínio e insegurança, o mercado brasileiro tem avançado lentamente para uma recuperação, e a prova disso está nos índices econômicos, como a cesta básica. Esse índice, composto por produtos consumidos por uma família típica de quatro pessoas e com rendimento mensal de um a seis salários mínimos, tanto em Passo Fundo quanto em todo país, tem seguido em uma queda quase ininterrupta ao longo dos últimos doze meses.

Conforme levantamento realizado com os dados divulgados pelo Centro de Pesquisa e Extensão da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (Cepeac / FAC) da Universidade de Passo Fundo (UPF), no intervalo de um ano, o valor da cesta básica em Passo Fundo teve queda de -3,18%, sendo que em fevereiro de 2017 custava R$ 807,63 e doze meses depois chegou à marca de R$ 782,01. A queda mais acentuada ocorreu entre fevereiro a agosto do ano passado, sendo que só nesse período de seis meses, o valor da cesta básica caiu -2,39%.

A inflação, medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) através do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), registrou movimento semelhante, com queda considerável entre fevereiro e agosto de 2017, inciando com 4,76% e encerrando o período com 2,46%. A baixa então se manteve estável, encerrando o intervalo de um ano indicando 2,68%, com 40,34% de queda no total, entre fevereiro de 2017 e fevereiro de 2018, um comportamento que parece ter influenciado o valor da cesta básica. “Isto vem acontecendo desde 2017, quando nós tínhamos uma inflação de 10,67% ao ano, e hoje ela está em torno de 3%. Esse número, inclusive, está abaixo da meta, pois a meta do governo é 4,5% ao ano, e dá pra dizer que agora a inflação está controlada”, informou o economista e professor da Universidade de Passo Fundo, Julcemar Bruno Zilli.

Na opinião de Zilli, essa queda é decorrente de uma mudança nos hábitos de consumo: “Isto é um comportamento nacional. As pessoas começaram a comprar menos, fazendo com que os preços da economia passassem a cair. E isso porque os consumidores estavam com falta de confiança no mercado, e começaram a adquirir somente o necessário, evitando gastos supérfluos, e isso fez com que as pessoas gastassem menos, os preços começaram a diminuir, e com isso a inflação veio junto, que é o cálculo do nível médio de preços da economia brasileira”, informou.

Aumento nos preços

Essa queda, segundo Zilli, pode chegar ao fim no próximo mês. “Acho que daqui pra frente começa a subir. Já saiu o dado da inflação brasileira, e o resultado é um pouco acima do esperado. Pode ser que os preços caiam mais um pouco, mas a tendência é a gente começar a ver um aumento nos preços, pois os remédios aumentaram, e isso vai impactar bastante na cesta básica agora de maio”. Zilli também acredita que uma pressão no cenário político internacional pode influenciar esse quadro. “O preço barril do petróleo tá subindo bastante, e com uma iminente guerra entre o Iraque e o Irã, com participação dos Estados Unidos, isso pode afetar mais ainda o preço do petróleo, que vai ser repassado para o preço dos combustíveis, e aumenta o preço dos produtos por causa do frete”.

O terceiro motivo para essa previsão é consequência da recuperação do mercado: “As pessoas estão voltando a consumir, e mesmo sendo um ano eleitoral, elas estão com um pouco mais de confiança na economia, então começam a exagerar um pouquinho mais nos gastos, e tudo isso pressiona para uma elevação nos preços, e automaticamente uma elevação na taxa de inflação”, concluiu.

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027