Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Geral

A segunda chance para primatas e aves

Autor: Aline Prestes
A segunda chance para primatas e aves
Foto: Alexandro Wiroski/DM

Primaves completa quinze anos de acolhimento a animais silvestres que passaram por maus-tratos ou foram criados em cativeiro

Há quinze anos, um aluno inspirado no trabalho desenvolvido por uma professora da Universidade de Passo Fundo (UPF) fundou o Centro de Acolhimento de Primatas e Aves (Primaves), localizado na Vila do Distrito de Bela Vista. O biólogo e gestor do criadouro, Luizandro Ferrari, contou com o apoio da professora, Thaís Leiroz Codenotti, e seu marido, Nestore Codenotti, para construir um espaço de refúgio para animais silvestres retirados do seu hábitat e que passaram por maus-tratos pela ação do homem.

A propriedade de mais de 22 mil metros quadrados em que o criadouro está instalado foi doada pela família de Luizandro. Hoje, com mais de 200 animais acolhidos, entre primatas e aves, o centro conservacionista abriga animais que foram apreendidos pela polícia ou encaminhados pelo Ibama, muitos feridos, devido a agressões sofridas em cativeiros clandestinos. “Queremos preservar as espécies e os indivíduos que moram aqui. Eles não viveriam na natureza em razão do seu passado. Alguns desses animais chegam tão machucados e desnutridos que, mesmo com o tratamento intensivo, não resistem. Aqui se torna sua última oportunidade e seu lar definitivo”, relata ele.

Quem visita o Primaves se encanta com sua beleza natural e o clima aconchegante da propriedade localizada há 20 quilômetros do Centro de Passo Fundo. Apesar dos animais terem sido abandonados ou terem passado por maus-tratos, eles roubam sorrisos dos seus visitantes. O refúgio conta com bugios, macaco-preto, saguis, além de aves como araras, papagaios, periquitos, tucanos, entre outros. Ferrari, contudo, destaca que o lugar desses animais é a natureza, mas afirma que muitos deles não têm condições de voltar para seu habitat natural em função de não conseguirem sobreviver. “Nós estamos melhorando a estrutura para receber melhor nossos visitantes, possibilitando um passeio divertido para as famílias. As visitações são abertas ao público todos os sábados das 13h30 às 17h30. O valor cobrado é revertido para manutenção do criadouro”, conta Luizandro.

O Secretário do Meio Ambiente de Passo Fundo, Rubens Astolfi salienta a importância do criadouro para a cidade e a região por acolher animais silvestres que passavam por maus-tratos, muitas vezes chegando até lá desnutridos. “A entidade é uma das raras que fazem este atendimento às aves e primatas no país. Além disso, eles oferecem que a população conheça o espaço contribuindo também para educação ambiental dos visitantes e políticas públicas da cidade”, fala.

Parcerias para custear a entidade

A equipe do Grupo Diário da Manhã esteve essa semana no Primaves, onde realizou a captura de imagens e produziu um vídeo do local, que pode ser conferido aqui.

  • Foto: Alexandro Wiroski/DM
  • Alexandro Wiroski/DM
  • Alexandro Wiroski/DM
  • Alexandro Wiroski/DM

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027