Diário da Manhã | Notícia, Jornal, Rádio, Passo Fundo, Carazinho

Geral

A celebração de quem fortalece o país

Autor: Matheus Moraes
A celebração de quem fortalece o país
Foto: Arquivo/DM

57a Festa do Colono e do Motorista acontece neste domingo com a promessa de receber cerca de cinco mil veículos

O domingo (22) será de celebração para os colonos e motoristas na São Cristóvão. Na data, será comemorada a 57a Procissão de São Cristóvão, que homenageia os dois grupos que são protagonistas do desenvolvimento da região e do Brasil. A expectativa é que mais de cinco mil veículos participem da festa que tem saída no Trevo da Caravela, no bairro Boqueirão, percorre o Centro da cidade até chegar ao destino final: a Paróquia São Cristóvão, na Avenida Presidente Vargas.

A procissão, que inicia às 7h30min, deve durar cerca de uma hora com o deslocamento de caminhões, tratores, maquinários agrícolas, veículos e motocicletas que receberão a bênção de São Cristóvão, o padroeiro do Colono e do Motorista, em frente a igreja. A festa, que é tradicional no município, é mais antiga que a própria Paróquia de São Cristóvão. A celebração ocorre desde 1961, enquanto a fundação da Igreja foi oito anos mais tarde, em 1969. Embora seja realizada no domingo, a data oficial de comemoração do Dia do Colono e do Motorista é na quarta-feira (25).

Uma das principais marcas desta celebração é quanto ao “buzinaço” realizado pelos motoristas, que é alvo de reclamações, sobretudo na região central, embora ocorra apenas uma vez por ano. O trajeto, no entanto, será mantido com saída pela Avenida Brasil, seguimento pela Avenida Sete de Setembro até chegar na Avenida Presidente Vargas, a última que encerra o trecho de procissão. Todo o trajeto tem uma distância de sete quilômetros.

O dia de celebração de quem fortalece o país com a lida no campo e pelas rodovias brasileiras será marcado, também, por um novo momento para a classe dos caminhoneiros. Depois de dois meses da greve dos caminhoneiros que estagnou as principais atividades do Brasil, no fim de maio, a classe conseguiu algumas de suas principais reivindicações, como a queda no valor do óleo diesel, preço mais qualificado ao frete e também a isenção da cobrança de pedágio dos caminhões que trafegam com o eixo suspenso.

O caminhoneiro passo-fundense Ângelo Alérico, que participou ativamente das mobilizações em Passo Fundo, conta que essas mudanças já são suficientes para comemorar a data junto do padroeiro, neste domingo. “É um momento que temos motivos para comemorar. A tabela do frete, a qual brigávamos há muito tempo para ser realizada, foi feita, a baixa do óleo diesel, a questão dos pedágios. Agora está viável para nós [caminhoneiros] trabalhar. Acreditamos que isso vai se manter”, afirma.

Em deslocamento pelo Mato Grosso a trabalho, o caminhoneiro, desta vez, não irá participar do celebração em sua cidade no domingo. Mas garante que seus companheiros já estão animados para a festa do Colono e do Motorista. “Estou na estrada com trabalho e não volto a tempo. Será uma festa muito bonita, como sempre foi. De gente que merece porque trabalha muito. Os caminhoneiros da cidade já estão mobilizados”, completa Alérico.

De acordo com o caminhoneiro, após um primeiro semestre turbulento, começar o segundo semestre com notícias boas para a classe e a festa do padroeiro traz uma boa expectativa para seguir o trabalho neste ano. “É uma data muito importante, especial, que fazia muito tempo que não íamos mais ‘tranquilos’. A pressão é muito grande para cima de nós. Nós tínhamos uma grande espera para que as coisas melhorassem, que a tabela do frete surgisse, que houvesse reajuste do frete, e isso aconteceu. Então acreditamos que é um momento que nos traz uma boa expectativa, porque acreditamos que as coisas devem se manter assim, que teremos dias melhores na nossa profissão”, completa.

“É o nosso momento de incentivo”, diz produtor rural

Esta será a décima vez que um grupo da comunidade de Passo do Chinelo, entre Passo Fundo e Marau, irá participar da festa de São Cristóvão. Todos os anos, são pelos menos cinco tratores que são deslocados até a paróquia para pegar a bênção e celebrar a data junto de outros colegas produtores rurais. Nesta oportunidade, a ideia é que de oito a dez tratores saiam da localidade, por volta das 6h, para participar da 57a edição da festa.

O agricultor Felipe Fior, um dos encarregados por levar o maquinário agrícola até Passo Fundo, relata que o momento é especial por se tratar de um incentivo ao meio rural. “Essa procissão serve de incentivo ao produtor, que vai todos os anos para lá e que carrega por trás muito suor e trabalho na lavoura. É o momento de celebrar, de pedir a bênção ao nosso padroeiro, mais saúde e torcer para que dê tudo certo com a nossa família, trabalho, com o maquinário. Vamos prestigiar a festa e rezar para que São Cristóvão sempre possa nos dar condições de trabalhar e trazer alimento para as pessoas”, enfatiza.

Trânsito

No dia da Festa a Secretaria de Segurança Pública, através da Guarda Municipal de Trânsito, irá monitorar todo o trajeto durante o evento. Ainda, orienta sempre que possível o uso de rotas alternativas para evitar transtornos. Os cruzamentos semaforizados da avenida Presidente Vargas estarão em amarelo piscante, visando maior fluidez da procissão. Já os cruzamentos da avenida com a rua Padre Valentin e a rua Duque de Caxias ficarão abertos para travessia de veículos. Os demais cruzamentos da avenida estarão bloqueados. Também será bloqueado o trânsito na avenida Presidente Vargas, sentido São Cristóvão/Centro, entre as ruas Belém e Camilo Ribeiro. Os cruzamentos da avenida Brasil não sofrerão nenhuma intervenção com fechamentos.

Cronograma da Procissão
Domingo – 22/07/18
7h30min - Saída da Procissão (Boqueirão);
8h30min - Chegada em frente à Matriz São Cristóvão;
09h50min - Recepção das imagens dos Padroeiros;
10h00min - Missa Solene na Matriz São Cristóvão;
10h30min - Início da entrega de churrasco;
12h00min - Churrasco no Salão Paroquial;
14h30min - Bênção da Saúde e objetos religiosos na Igreja Matriz;
15h - Reunião Dançante (entrada franca).

Procissão com frio, mas sem chuva

A previsão do tempo, para domingo, de acordo com o site Clima Tempo, indica que a Procissão de São Cristóvão terá temperatura baixa, com risco de geada logo cedo. No entanto, o dia deve ser de sol, sem previsão de chuva durante o dia. A temperatura mínima é de 3oC e a máxima de 21oC.

 

Comentários

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027