Diário da Manhã

Plantão

Polícia

Operação Falsos Ratos resulta em grande apreensão de drogas

Ação das polícias de Passo Fundo e Carazinho apreende mais de 48 kg de drogas, armas e diversos itens furtados

Uma grande operação policial, chamada Operação Falsos Ratos, foi deflagrada na tarde de quinta-feira (10) em vários pontos de Passo Fundo. O trabalho conjunto dos efetivos da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas de Passo Fundo - DEFREC, e da Delegacia de Polícia Civil de Carazinho, resultou em quatro prisões em flagrante, além da apreensão de uma arma, e grandes quantidades de drogas e outros objetos furtados ou roubados.

A investigação que resultou nas prisões começou logo após o roubo à uma joalheria, realizado no início do mês em Carazinho. Na ocasião, suspeitos disfarçados de policiais civis assaltaram a residência do proprietário da joalheria, com falsos mandados de prisão, e ainda levaram o filho do empresário como refém. O delegado da DEFREC, Diogo Ferreira, relatou que as investigações passaram a apontar uma relação entre os suspeitos com crimes de receptação em Passo Fundo. “Após o roubo efetuado em Carazinho na semana passada, nós da DEFREC passamos a receber informações sobre os suspeitos, que foram então repassadas para a Polícia Civil de Carazinho”, comentou o delegado.

Em ação conjunta, ambas as delegacias passaram a monitorar os pontos suspeitos, em especial uma casa localizada no Bairro Integração, que era investigada sob suspeita de que se tratava de um ponto de armazenamento de drogas, além de dois outros locais, e então foram expedidos os mandados. “A operação realizou mandados de busca, e em uma das casas, localizada na Rua Uruguai, no centro da cidade, nós encontramos um revólver calibre 38, com numeração raspada, e a pessoa encontrada foi autuada por porte ilegal de arma de fogo”, explicou Ferreira.

Em outra casa, na Rua Sarandi, foi preso um casal em flagrante por receptação, pois foi apreendida uma grande quantidade de objetos sem procedência confirmada, em especial algumas peças de joalheria, que foram reconhecidas como sendo as mesmas roubadas da joalheria em Carazinho. E na última casa fiscalizada houve o flagrante por tráfico, com a apreensão de 48 quilos de maconha guardados em uma caixa de isopor, além de 860 gramas de crack. A quantidade de entorpecentes encontrados surpreendeu os policiais. “Nós sabíamos que poderia ter alguma droga, mas não esperávamos uma quantia tão grande assim”, salientou Diogo Ferreira. Além dos objetos e das drogas, foram aprendidas notas de dinheiro, que somadas totalizaram aproximadamente R$ 19 mil.

Todos os presos tem passagem pela polícia, alguns por tráfico de drogas, outros por roubos. Os objetos encontrados, que incluem peças de vestuário, calçados e joias, foram considerados como possíveis objetos de furtou ou roubo, e a Polícia Civil pede para que a comunidade ajude a encontrar as vítimas dessas subtrações. “O proprietário de loja, ou quem vende informalmente, e que foi vítima de furto ou roubo desse tipo de mercadoria, que venha até a DEFREC para poder reconhecer esses objetos”, convocou o delegado Ferreira. A polícia já colheu os depoimentos, lavrou os flagrantes, e posteriormente encaminhou os quatro presos para o Presídio Regional de Passo Fundo.

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
AD-5167 Azul / Trip 06:55:00 Campinas Sextas
AD-5165 Azul / Trip 07:00:00 Campinas segunda a quinta e sábado
AD-5139 Azul / Trip 12:40:00 Campinas domingos às sextas

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027