A temporada de Renato e Odair

Compartilhe

O ano de 2018 já acabou, dentro de campo, para a Dupla Gre-Nal.

As duas equipes fizeram bom papel no Campeonato Brasileiro, obtendo campanhas que garantiram as equipes na Copa Libertadores do ano que vem. Porém, os times também entraram em campo em outras competições, somando partidas para os currículos de Renato Portaluppi pelo Grêmio e Odair Hellmann pelo Internacional. E, conforme os números, a temporada foi positiva.

O ano do Tricolor teve mais jogos. Além do Brasileirão, a equipe jogou também a Recopa Sul-Americana (duas partidas frente ao argentino Independiente), Gauchão, Copa do Brasil e Libertadores. Dois títulos foram conquistados: na Recopa e no Gauchão – este, quebrando uma seca que vinha desde 2010.

O Grêmio também obteve destaque nas copas, sendo semifinalista tanto na Copa do Brasil (caindo para o Flamengo) quanto na Libertadores (eliminado pelo River Plate.

Aos números:

Renato dirigiu o time em 69 oportunidades, obtendo 37 vitória.

Destaque para o setor ofensivo, pois o time conseguiu romper a marca dos cem gols marcados, ao anotar um total de 104 tentos.

Também ostentou uma das melhores defesas do Brasil, sofrendo apenas 46 gols. Tal desempenho chamou a atenção do Flamengo, que tentou a contratação de Renato.

Já o ano do Colorado foi menos movimentado. A equipe comandada por Odair disputou somente três competições. Teve eliminações precoces na Copa do Brasil (caindo para o Vitória nos pênaltis) e no Gauchão (quando foi desclassificado pelo Grêmio nas quartas de final).

Para compensar, fez um Brasileirão memorável. Vindo da Série B, ficou mais de 20 rodadas no G-4, chegando a liderar a competição. O terceiro lugar ao final das 38 rodadas rendeu elogios.

“Pelo início, meio e fim do trabalho, elejo Odair como o treinador revelação do ano” disse o técnico da Seleção Brasileira, Tite.

Vale ressaltar que Odair teve um momento delicado, em que a demissão chegou a ser cogitada. Foi logo após cair no Gauchão. Mas o início no Brasileirão, com vitória de 2×0 sobre o Bahia, trouxe paz ao treinador.

Às contas: foram 57 jogos disputados, com 29 vitórias. A equipe marcou 78 gols e sofreu 42. Não conquistou nenhum título, mas igualou o melhor desempenho de uma agremiação vinda da Série B na Série A, com o terceiro lugar – igual ao Grêmio em 2006, mas somando mais pontos.

A situação

Os bons números e a qualidade entregue no futebol, principalmente no primeiro semestre, fizeram com que o Grêmio oferecesse a renovação de contrato a Renato. O novo vínculo foi aceito pelo treinador, que segue na Arena em 2019. Odair deve ter o mesmo destino. Valorizado pelo trabalho feito, deve renovar tão logo ocorram as eleições presidenciais do Inter, marcadas para o sábado (08).

Leia grátis o jornal digital

Comentários
Diário da Manhã

Diário da Manhã - Todos os direitos reservados. All rights reserved ®