“Meu sonho é ser bombeiro”

Campanha do Grupo Diário da Manhã incentiva que crianças escrevam cartinhas de Natal. Os vencedores vão dar uma volta em um caminhão do Corpo de Bombeiros e conhecer a rotina da Brigada Militar

Foto: Tainá Binelo | Diário

Por

Compartilhe

“Meu sonho é ser bombeiro”. Essa é uma das frases da cartinha de uma criança carazinhense que está concorrendo na campanha de Natal “Meu sonho realizado”, promovida pelo Grupo Diário da Manhã em parceria com o Corpo de Bombeiros e a Brigada Militar (BM).

A iniciativa busca incentivar a escrita de cartinhas de Natal nas crianças na faixa etária entre 4 e 12 anos. Os vencedores vão poder dar uma voltinha no caminhão do Corpo de Bombeiros e também conhecer a rotina no batalhão da BM em Carazinho.

As cartinhas podem ser entregues até o próximo dia 10 na sede do Grupo Diário da Manhã, no Centro de Carazinho. Jornalistas do Diário e representantes da BM e dos Bombeiros vão fazer a seleção das cartinhas.

Ao todo, 11 crianças serão vencedoras e realizarão o sonho nos dias 17 e 18 de dezembro. Oito delas andarão por alguns minutos em um caminhão do Corpo de Bombeiros e três irão conhecer o quartel da Brigada Militar.

Nas cartinhas, as crianças deverão justificar o porquê merecem vencer a campanha. Editor do jornal Diário da Manhã, Rodolfo Sgorla da Silva comenta que, através da campanha, o Grupo busca fomentar a escrita e a criatividade desde a infância, sendo estes pontos muito importantes para o crescimento das crianças. “A campanha também busca valorizar os profissionais do Corpo de Bombeiros e da Brigada Militar, instituições muito importantes para a nossa sociedade”, destaca.

O passeio

Além do condutor do caminhão dos Bombeiros, mais militares acompanharão o passeio para ir falando para as crianças como é a rotina do trabalho da corporação. Na viatura, além dos bombeiros e das oito crianças, o passeio também terá a presença de um jornalista do Grupo do Diário da Manhã para a cobertura da atividade e do Papai Noel de Carazinho.

Na visita ao quartel do 38° Batalhão de Polícia Militar (BPM), com sede em Carazinho, as crianças serão recebidas por policiais, que as acompanharão na apresentação das instalações, viaturas e equipamentos, falando da rotina de um policial militar.

Regras da campanha

As crianças deverão redigir textos à mão, com no máximo 50 linhas em folha A4. Além disso, aquelas que não estiverem alfabetizadas poderão contar com o auxílio de seus responsáveis para a escrita da mesma. Considerando a idade dos envolvidos na iniciativa, onde parte expressiva do público-alvo está ainda em fase de alfabetização, o principal peso da avaliação se dará ao conteúdo da justificativa e contextualização, e não necessariamente a uma rígida avaliação da ortografia do texto da cartinha.

A avaliação dos motivos expostos na carta do porquê merece ser o escolhido caberá a uma junta de jornalistas das redações da rádio e jornal Diário da Manhã e de representantes indicados pelos comandos locais da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros. Os textos devem ser entregues na recepção do Grupo Diário da Manhã e devem ter endereço e telefone para contato.

Leia grátis o jornal digital

Comentários
Diário da Manhã

Diário da Manhã - Todos os direitos reservados. All rights reserved ®