O apoio do Passo Fundo Futsal

Nem só de direção, jogadores, comissão técnica e torcedores vive o sucesso da equipe passo-fundense. Um grupo de 200 conselheiros é o suporte para a campanha vitoriosa na Série Prata

Foto Guilherme Canal/ Divulgação

Compartilhe

É senso comum no esporte: a vitória não vem por acaso. Em se tratando de modalidades coletivas, vários fatores ajudam a equipe a conquistar vitórias e atingir os seus objetivos.

No caso do Passo Fundo Futsal/ Fasurgs/ Valtra Razera, a campanha vitoriosa até aqui na Série Prata passa pelo grupo de conselheiros, que hoje reúne cerca de 200 pessoas, garantindo apoio para que o time tenha sucesso dentro de quadra.

Tudo começou em 2014. No primeiro ano do projeto de futsal – que retornava a Passo Fundo após uma década – um grupo de pessoas se reuniu para tocar a equipe. Naquele ano, o time ingressou na Série Bronze.

Dentro de pouco tempo, o acesso para a Série Prata foi atingido e aí, em 2017, iniciou-se uma ideia ousada: atrair um número considerável de conselheiros, todos contribuintes, para que um lugar na Série Ouro/ Liga Gaúcha foi atingido.

Nomes históricos do salonismo passo-fundense entraram no projeto, encabeçado por Darcy Scortegagna. O advogado, que também fazia parte da direção da Associação Passo-fundense de Esportes na década de 1990, trouxe mais conselheiros.

Segundo Scortegagna, “os conselheiros são os donos do projeto. São eles que tomam em conjunto as principais decisões, tem prioridade de ingressos para levar amigos, estacionamento privativo e principalmente acompanham a qualquer momento a prestação de contas do projeto. São pessoas que entram no grupo simplesmente pela vontade de ver o futsal crescer na nossa cidade”.

A vaga não veio ano passado, embora a equipe tivesse perto de 80 conselheiros. Mesmo com a desclassificação nos tribunais, o ânimo não caiu. Pelo contrário, só fez aumentar.

“Os conselheiros do Passo Fundo Futsal são pessoas que querem contribuir no crescimento do futsal na cidade. O projeto do PFF iniciou em 2014 com três ou quatro pessoas e agora possui mais de duzentas e a meta é aumentar. Temos grandes pretensões, e isso depende muito do engajamento e ampliação deste grupo” disse o presidente deliberativo, Enos Zanatta.

Atrativos

Ser um conselheiro do Passo Fundo Futsal tem seus atrativos. Além de estimular e ajudar no crescimento da agremiação, o conselheiro tem direito a um número determinado de ingressos em cada partida da equipe no Capingui. E, a cada ano, participa de um sorteio de um carro zero quilômetro.

Vale ressaltar que o projeto estipula um carro a cada cem conselheiros – como hoje são duzentos conselheiros, o próximo sorteio será de dois carros. Com o crescimento do grupo, se espera que metade da receita do PFF no ano que venha das mensalidades do conselho.

Os interessados em mais informações sobre como ser um conselheiro do Passo Fundo Futsal, podem entrar em contato com a secretaria do clube, pelo fone 3632-8601 das 14h às 19h.

Final

Falta pouco para a grande final da Série Prata. A decisão ocorre sábado (01), a partir das 20h, no Ginásio Capingui, colocando frente a frente o Passo Fundo Futsal e a Associação Marauense de Futsal. Como todos os ingressos já foram vendidos, a direção do PFF colocará um telão em frente ao ginásio. Para quem for ao jogo, haverá uma série de sorteios de brindes e atividades diversas.

Transmissão

A grande final da Série Prata terá transmissão especial. A equipe esportiva do Diário levará as emoções do jogo nas ondas da Diário AM570 e Diário FM 98,7 de Passo Fundo, além da Diário AM 780 de Carazinho. Também haverá transmissão pelo facebook, na fanpage do Diário da Manhã.

Final Passo Fundo Futsal

Acompanhe a final do Passo Fundo Futsal no facebook da Diário! É sábado, a partir das 20h!

Publicado por Diário da Manhã Passo Fundo em Quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Leia grátis o jornal digital

Comentários
Diário da Manhã

Diário da Manhã - Todos os direitos reservados. All rights reserved ®