Padre Rodimar Mascarello morre aos 51 anos

O corpo será velado na Catedral, durante a tarde desta sexta-feira, 11.

Compartilhe

A Arquidiocese de Passo Fundo comunica e lamenta o falecimento do padre Rodimar Mascarello que atuava como vigário paroquial na Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, em Passo Fundo, e, também, como presidente do Tribunal Eclesiástico.

O falecimento aconteceu na noite desta quinta-feira, 10, em função de um infarto fulminante, na cidade de Alvorada – onde o sacerdote estava em suas férias. O corpo será velado na Catedral, durante a tarde desta sexta-feira, 11. A Celebração das Exéquias e a Missa de Corpo Presente acontecerá às 18h, também na Catedral Metropolitana, em Passo Fundo. 

 

Vida e testemunho

Padre Rodimar nasceu no dia 22 de março de 1967, em Vila Lângaro, distrito de Tapejara, e foi ordenado em junho de 1997 por dom Urbano Allgayer e seguiu, então, o lema “O Senhor me chamou, me modelou e enviou para anunciar a Boa Nova a todos”.

Além de atuar como vigário paroquial na Catedral e junto ao Tribunal Eclesiástico, sua vocação foi dedicada, também, às paróquias Nossa Senhora da Glória e Nossa Senhora de Fátima, em Carazinho; São José, em Sertão; São Vicente de Paulo e São Judas Tadeu, em Passo Fundo e Nossa Senhora dos Navegantes, em Ronda Alta. Ainda, sua atuação junto ao Tribunal Eclesiástico se deve aos estudos realizados na Arquidiocese do Rio de Janeiro, nos anos de 2003 e 2004, onde se especializou em Direito Canônico. Atuava, também, como Diretor Espiritual do ECC – Encontro de Casais com Cristo – e, auxiliava o grupo do Neocatecumenato em suas celebrações.

Leia grátis o jornal digital

Comentários
Diário da Manhã

Diário da Manhã - Todos os direitos reservados. All rights reserved ®