Torcida perde Tarciso

Foto Divulgação

Compartilhe

A manhã de hoje (05) amanheceu mais triste para o Grêmio. Na madrugada, um dos maiores ídolos do Tricolor faleceu: aos 67 anos, Tarciso Flecha Negra não resistiu a um tumor ósseo. Tarciso também era vereador em Porto Alegre.

Tarciso marcou época no Grêmio. Chegou ao Estádio Olímpico em 1973, após obter destaque pelo América-RJ. Logo que chegou a Porto Alegre, firmou-se como o ponta-direita titular da equipe, vestindo sempre a camisa 7.

Sua velocidade e os dribles desconcertantes o valeram o apelido de Flecha Negra. Atuou com a camisa gremista até 1986, obtendo o recorde de 721 partidas pela equipe. Anotou 222 gols no período.

Vale destacar que Tarciso não atuou apenas como ponta-direita. No início da década de 1980, surgia no Olímpico um certo Renato Portaluppi. Com isso, Tarciso foi deslocado para atuar como ponta-esquerda e até mesmo centroavante – assim estava na final do Mundial de Clubes, frente ao Hamburgo, em 1983.

Venceu pelo Grêmio os campeonatos Gaúcho, Brasileiro, da Libertadores e do Mundial.

O Grêmio manisfestou a perda em seu twitter nesta madrugada:

O velório ocorreu durante o dia de ontem na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, onde exercia mandato eletivo desde 2008. O sepultamento ocorreu no final da tarde.

Inter manifesta falecimento

O Internacional manifestou a perda do rival em seu twitter, confira a postagem:

Leia grátis o jornal digital

Comentários
Diário da Manhã

Diário da Manhã - Todos os direitos reservados. All rights reserved ®