Turma da Mônica ajuda crianças a aprender educação fiscal e financeira

Compartilhe

O projeto “Em Busca do Tesouro” tem usado os gibis da Turma da Mônica para ensinar às crianças a necessidade de ter comportamentos financeiros saudáveis e conhecer a gestão das finanças públicas e pessoais.

A iniciativa foi organizada pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), do Ministério da Economia, em parceria com o Instituto Mauricio de Sousa, e tem o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil.

O piloto do programa foi aplicado em Goiás, no ano passado, com 732 estudantes dos 4º, 5º e 6º ano. Agora, em 2019, o projeto deve atingir mais de 30 mil meninos e meninas de escolas do Distrito Federal.

A analista de projeto do PNUD Brasil, Luciana Medeiros Brant, conta que o conteúdo sobre educação financeira e fiscal foi contextualizado por histórias vividas pela Mônica, Cebolinha, Magali, Cascão e sua turma. Segundo ela, projetos como esse são essenciais para o aprendizado dos pequenos cidadãos e cidadãs.

“Este projeto específico visa ensinar as crianças e adolescentes sobre a importância da gestão de recursos, a atuação do governo e a responsabilidade de cada um para que tenhamos um país melhor e mais produtivo.”

De acordo com o líder do Programa Tesouro Educacional e auditor federal de Finanças e Controle, Antonio Barros, os alunos e os professores se entusiasmaram com o projeto.

“A receptividade foi incrível! Elas gostaram muito, os professores também gostaram muito. A gente está querendo fazer com que eles entendam, compreendam que estas coisas são reciprocamente, mutuamente, impulsionadoras. E se a gente conseguir produzir esse resultado, de fazê-las tratar o seu próprio dinheiro com mais responsabilidade, certamente teremos cidadãos mais ativos, que cobram do Estado o retorno e também a responsabilidade fiscal que dá sustentabilidade às finanças públicas.”

Os gibis da Turma da Mônica, que ajudam as crianças a aprender educação fiscal e financeira, tem uma linguagem lúdica e acessível. Até 2021, o objetivo do projeto é atingir mais de 2 milhões de crianças em todo o país.

Leia grátis o jornal digital

Comentários
Diário da Manhã

Diário da Manhã - Todos os direitos reservados. All rights reserved ®